Ciência

México registra primeiro caso da variante indiana da covid-19

México registra primeiro caso da variante indiana da covid-19

Profissional de saúde coleta amostra para exame PCR de detecção da covid-19 em Guadalajara, estado de Jalisco, México, 14 de abril de 2021 - AFP

O México registrou o primeiro caso da variante indiana do coronavírus no estado de San Luis Potosí, no centro-norte do país, informaram autoridades neste domingo (2).

“Ontem fomos notificados sobre três novos isolamentos, foram identificadas variantes em três amostras, duas delas sem importância e uma que é de interesse e justamente é a B.1.617, originalmente identificada na Índia”, disse em coletiva de imprensa Miguel Ángel Lutzow, secretário de Saúde local.

“Já foi identificada no nosso país e de fato a primeira vez que é identificada é aqui em San Luis Potosí”, acrescentou durante coletiva de imprensa.

O funcionário disse que a variante foi identificada em uma pessoa residente na capital do estado e que está sendo feito o processo de investigação.

“O mais provável é que tenha sido por contato com pessoas que estiveram nos Estados Unidos”, disse. Ele acrescentou que a pessoa afetada está em recuperação e não está mais hospitalizada.

A variante indiana do coronavírus é considerada responsável, em parte, pela letal segunda onda da pandemia na Índia.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na semana passada que esta mutação do vírus tinha sido identificada em 17 países, vários deles europeus.

O México, com 126 milhões de habitantes, registra até o momento 2.347.780 casos confirmados de coronavírus e 217.168 óbitos.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel