Edição nº 1138 16.09 Ver ediçõs anteriores

“Meules” é a mais cara obra impressionista

“Meules” é a mais cara obra impressionista

Pintado por Claude Monet (1840-1926) dentro da série impressionista “Palheiros”, de 1890, que retrata montes de feno nos campos, “Meules” é o quadro do pintor a alcançar o maior valor em um leilão: US$ 97 milhões. Com impostos e comissões, o valor final chega a US$ 110,7 milhões, o dobro da estimativa inicial e 44 vezes o que foi pago pela mesma obra no leilão de 1986, promovido pela mesma Sotheby’s. A série “Palheiros” é composta de 25 obras, 17 das quais estão em instituições públicas como Metropolitan (Nova York), Museu d’ Orsay (Paris) e Instituto de Arte (Chicago). O leilão durou oito minutos e foi intensamente disputado por seis compradores, até se tornar a nona obra mais cara já vendida pela Sotheby’s — e a primeira pintura impressionista a superar US$ 100 milhões.

(Nota publicada na Edição 1122 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Aston Martin Vanquish ganha nova versão

O ex-chefe de design da Jaguar e da Aston Martin, Ian Callum, quer modernizar o modelo Vaquish, produzido de 2001 a 2007. O novo carro [...]

Obras de Andy Warhol ganha exposição no Gramercy Park Hotel

O Gramercy Park Hotel é famoso por sua impressionante coleção de arte, avaliada em US$ 50 milhões e considerada a maior entre os hotéis [...]

Coleção de whiskies mais valiosa do mundo vai a leilão

O leilão online que acontece na Sotheby’s no dia 27 deste mês promete mexer com os apaixonados por whiskies. Esta coleção com 467 [...]

Quer sumir nas próximas férias? Saia do planeta

No ano passado, a startup californiana Orion Space anunciou o lançamento da Aurora Station, que ficará na órbita baixa da Terra e que [...]

O quase novo lar de Barack e Michelle

O ex-presidente dos Estados Unidos e a ex-primeira dama, Michelle Obama, estão em negociação para comprar uma casa de US$ 14,85 milhões [...]
Ver mais