Economia

MetrôRio: Número de passageiros cai 84% na última semana de março


A MetrôRio, concessionária da operação metroviária no Rio de Janeiro, divulgou os números de fluxo de passageiros no primeiro trimestre, em março e nos últimos sete dias do mês passado, para informar os impactos das restrições de circulação de pessoas por conta do surto de coronavírus. Na última semana de março, houve uma queda de 84% em relação ao mesmo período de 2019, de 4,362 milhões para 677 mil. No caso dos pagantes, o fluxo passou de 3,838 milhões para 618 mil, entre os dias 25 e 31 de março.

Em todo o mês passado, houve queda de 38% no fluxo de passageiros transportados, de 16,539 milhões para 10,225 milhões. E no primeiro trimestre, a queda foi de 15%, de 47,916 milhões para 40,858 milhões, segundo os dados prévios apresentados pela concessionária, que opera as linhas 1 e 2 na capital fluminense.

Além de anunciar os números, a companhia informa que sua controladora, a Invepar, tem se reunido diariamente para discutir providências para diminuir os impactos da crise. Entre as iniciativas, estão a postergação de amortização de principal e juros de uma emissão de debêntures por seis meses, e a suspensão de pagamento de parcelas em financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), também por seis meses.