Economia

Metrô de São Paulo terá home office permanente

Crédito: Reprodução/Metrô SP

O Metrô vai manter apenas um edifício, na região central de São Paulo, com ilhas de trabalho rotativas para atividades presenciais e salas de reuniões (Crédito: Reprodução/Metrô SP)

O Metrô de São Paulo anunciou nesta quinta-feira (16) que está adotando a modalidade de trabalho remoto de forma permanente. A expectativa é uma redução de custo de mais de R$ 9 milhões por ano, com a migração de pelo menos 600 funcionários.

Na primeira etapa do programa serão contempladas as áreas de Recursos Humanos, Comunicação, Contabilidade, Planejamento, Jurídico, Infraestrutura e Contratos. De acordo acordo com nota divulgada pelo governo, o projeto atende ao interesse dos colaboradores em exercer suas atividades em home office.

+ Com home office, BB vai devolver 19 de 35 edifícios de escritórios no País
+ Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office 

Com a readequação, a companhia vai desocupar os três prédios que eram destinados para esses setores. Dois desses imóveis são locados e serão devolvidos, enquanto um próprio, na Rua Augusta, será vendido.

O Metrô vai manter apenas um edifício, na região central de São Paulo, com ilhas de trabalho rotativas para atividades presenciais e salas de reuniões.

Veja também

+ Quarta parcela do auxílio sai hoje (14) para os nascidos em agosto

+ Cunhado de Maradona morre de Covid-19 na Argentina

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?