Geral

Messi marca, mas Argentina fica no 1×1 com o Paraguai na Copa América

Messi marcou um gol e se esforçou demais, mas a Argentina ficou no empate – 1×1 – com o Paraguai em jogo disputado, ontem (19), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 2ª rodada do grupo B da Copa América.

Com o resultado, a Argentina se manteve viva na competição, marcou seu primeiro ponto, mas permanece na última posição da chave, enquanto os paraguaios chegaram a dois pontos e estão na vice-liderança.

Como foi o jogo

Precisando da vitória, a Seleção da Argentina começou a partida marcando a saída de bola do Paraguai e tentando roubar a bola nas proximidades da área adversária.

E a estratégia deu resultado aos 5 minutos, quando Messi aproveitou falha de Arzamendia para avançar pela esquerda e tentar cruzamento para dentro da área. Contudo, o zagueiro Alonso conseguiu afastar o perigo.

Com o passar do tempo o Paraguai começou a avançar suas linhas, e o jogo se concentrou no meio de campo, com as equipes não conseguindo chutar a gol. O jogo estava tão amarrado que nenhuma das duas equipes conseguiu ao menos uma finalização até os 27 minutos.

Mas aos 28 minutos os torcedores finalmente viveram um momento de emoção no Mineirão, quando o Paraguai puxou um contra-ataque perigoso. Derlis González avançou pela direita e chutou para o corte do lateral Tagliafico.

Aos 30 minutos Lautaro Martínez sofreu uma falta dura do zagueiro Gustavo Gómez na entrada da área do Paraguai. Boa oportunidade para Messi em cobrança de falta. Mas o camisa 10 argentino cobrou fraco para boa defesa do goleiro Gatito Fernández. Foi a primeira chance dos argentinos.

Mas quem abriu o marcador foi o Paraguai. Aos 36 minutos, Almirón deu um pique pela esquerda, chegou na linha de fundo e cruzou na medida para Sánchez chegar batendo e vencer o goleiro Armani: Paraguai 1 a 0.

Com a vantagem no marcador, o Paraguai ficou mais motivado, enquanto a Argentina continuava com dificuldades, o que obrigava Messi a recuar muito para tentar armar o jogo.

Aos 44 minutos houve um lance inusitado. O goleiro Armani avançou até o meio campo para tentar cortar uma bola lançada pelo ataque do Paraguai, mas errou o chute e acabou fazendo uma falta em Derlis González para interromper a jogada. Cartão amarelo para o goleiro argentino.

Ao final do primeiro tempo a Argentina tem apenas uma finalização a gol, em cobrança de Messi. Muito pouco para a equipe comandada pelo técnico Lionel Scaloni, que até então mostrava muita desorganização em campo.

Para tentar mudar o panorama no segundo tempo, na volta do intervalo o treinador argentino optou pela entrada do atacante Kun Agüero no lugar do meio-campo Pereyra.

Com a desvantagem no marcador, a Argentina passou a jogar muito adiantado, e ofereceu espaços para o Paraguai contra-atacar.

Gol de Messi

Aos 6 minutos quem apareceu com perigo foram os argentinos. Aguero recebeu na pequena área e cruzou na medida para Lautaro Martínez, que bateu de primeira, mas a bola explodiu no travessão. A bola sobrou para Messi, que, de virada, finalizou forte. Mas o goleiro Gatito Fernández brilhou e espalmou.

Mas, logo após o lance, o VAR (árbitro de vídeo) chamou o juiz, que, após muita demora, marcou pênalti a favor da Argentina. Ele constatou que a bola bateu na mão de Iván Piris no momento do chute de Lautaro Martínez.

Messi foi para a cobrança, e chutou forte à esquerda do goleiro Gatito para deixar tudo igual no marcador aos 11 minutos do segundo tempo: 1×1.

Contudo, quando a Argentina começava a melhorar no jogo, o zagueiro Otamendi fez uma falta infantil no atacante Derlis González dentro da área da Argentina. Pênalti a favor do Paraguai.

O próprio Derlis González bateu, mas o goleiro Armani brilhou. Ele pulou do lado certo para fazer uma defesa muito importante.

Com o empate no placar o jogo entrou em uma fase menos interessante, com as jogadas concentradas na parte central do campo.

A torcida voltou a se movimentar apenas aos 38 minutos, quando Rojas cobrou falta com muita força e obrigou o goleiro Almirón a defesa difícil. Romero aproveitou o rebote para cabecear, mas o árbitro interrompeu a jogada ao marcar impedimento.

A partir de então, o Paraguai adotou uma postura defensiva, deixando claro que se satisfazia com o empate. Do outro lado, a Argentina mostrava muita desorganização, o que foi insuficiente para tirar a igualdade do placar.

Na próxima rodada a Argentina enfrenta o Catar, enquanto o Paraguai terá a Colômbia como adversário.

Ficha técnica:
Quarta, 19 de junho de 2019
ARGENTINA 1×1 PARAGUAI
Competição: Copa América (2ª rodada – Grupo B)
Local: Mineirão, Belo Horizonte.
Juiz: Wilton Sampaio (Brasil).
Argentina: Armani; Casco, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Paredes, Pereyra (Kun Agüero), Lo Celso e De Paul (Matías Suárez); Messi e Lautaro Martínez (Di Maria). T: Lionel Scaloni.
Paraguai: Gatito Fernández; Iván Piris, Junior Alonso, Gustavo Gómez e Arzamendia; Rodrigo Rojas, Sánchez, Almirón (Ortiz) e Matías Rojas; Derlis González (Juan Escobar) e Santander (Romero). T: Eduardo Berizzo.
Gols: No 1º tempo: Sánchez (36). No 2º tempo: Messi (11).

*Fábio Lisboa é jornalista e comentarista esportivo dos programas da TV Brasil Stadium e No Mundo da Bola.