Giro

Messi lidera convocação da seleção argentina para “Finalíssima” contra Itália

Messi lidera convocação da seleção argentina para “Finalíssima” contra Itália

Lionel Messi

BUENOS AIRES (Reuters) – A Associação de Futebol Argentino (AFA) anunciou uma lista de 35 jogadores liderada pelo astro Lionel Messi para enfrentar a Itália em um jogo que colocará frente a frente, em junho, os atuais campeões das Américas e da Europa.

A “Finalíssima”, como é chamada a partida intercontinental que a Conmebol e a Uefa acordaram em organizar, será disputada em 1 de junho no estádio de Wembley, na Inglaterra, diante de 86.000 torcedores que esgotaram os ingressos.



Messi, atacante do Paris Saint-Germain, lidera a convocação realizada pelo técnico Lionel Scaloni para o primeiro jogo da Argentina após o término das eliminatórias sul-americanas para o Mundial do Catar em 2022, em que a seleção argentina ficou em segundo lugar, atrás do Brasil.

Entre os convocados está o zagueiro Marcos Senesi, do Feyenoordm após a imprensa da Itália indicar uma possível convocação do jogador argentino por parte do técnico da Itália, Roberto Mancini.

“No próximo fim de semana será publicada a lista definitiva”, afirmou a Associação de Futebol Argentino em sua conta oficial no Twitter.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


Veja a lista de convocados:

Goleiros: Emiliano Martínez (Aston Villa); Juan Musso (Atalanta), Gerónimo Rulli (Villarreal) e Franco Armani (River Plate).


Defensores: Gonzalo Montiel (Sevilla), Nahuel Molina (Udinese), Juan Foyth (Villarreal), Lucas Martínez Quarta (Fiorentina), Cristian Romero (Tottenham Hotspur), Germán Pezzella (Betis), Marcos Senesi (Feyenoord), Nicolás Otamendi (Benfica), Lisandro Martínez (Ajax), Nehuén Pérez (Udinese), Nicolás Tagliafico (Ajax) e Marcos Acuña (Sevilla).

Meias: Guido Rodríguez (Betis), Leandro Paredes (PSG), Nicolás Domínguez (Bolonha), Alexis Mac Allister (Brighton), Rodrigo De Paul (Atlético de Madri), Exequiel Palacios (Bayer Leverkusen) e Giovani Lo Celso (Villarreal).

Atacantes: Lionel Messi (PSG), Alejandro Gómez (Sevilla), Nicolás González (Fiorentina), Lucas Ocampos (Sevilla), Ángel Di María (PSG), Emiliano Buendía (Aston Villa), Ángel Correa (Atlético de Madri), Paulo Dybala (Juventus), Joaquín Correa (Inter de Milão), Julián Álvarez (River Plate), Lucas Alario (Bayer Leverkusen) e Lautaro Martínez (Inter de Milão)

(Reportagem de Ramiro Scandolo)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4C0X3-BASEIMAGE