Economia

Merkel diz que Berlim está preparada para Brexit abrupto, mas ainda quer acordo

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou há pouco em pronunciamento ao Bundestag (o Parlamento alemão) sobre a cúpula do Conselho Europeu, que começa hoje em Bruxelas, que o país já tomou as medidas emergenciais necessárias e está preparado para um Brexit desordenado, mas buscará um acordo com o Reino Unido “até o último minuto”.

“Faltam oito dias para a saída britânica e não temos uma resposta definitiva do Reino Unido”, lamentou a líder democrata-cristã.

Ela reiterou a posição assumida pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, de que a extensão do prazo da separação até 30 de junho, pedida pela primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, poderia ser concedida sob a condição de que a Câmara dos Comuns em Westminster aprove o projeto de lei do acordo de retirada já negociado com a União Europeia.

Se isso não ocorrer, prosseguiu Merkel, terá de se avaliar a convocação de uma reunião extraordinária do Conselho Europeu na semana que vem antes de 29 de março, que, por ora, continua sendo a data fixada para o divórcio. Independentemente dessa próxima etapa, ela ponderou, “o futuro e a legitimidade das eleições ao Parlamento Europeu têm de ser preservadas”.

Em sua fala, a chanceler alemã destacou ainda que, quando os europeus pensarem na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), “o Reino Unido tem de ser sempre parte dessas considerações”.

Tópicos

Brexit Merkel