Negócios

Mercado Livre amplia opções logísticas

Em meio a disputa com os Correios contra o aumento do frete, o Mercado Livre busca alternativas para garantir seu crescimento

Mercado Livre amplia opções logísticas

Enquanto briga judicialmente para derrubar um aumento de preços nos Correios, o Mercado Livre viu crescer em 633% a procura por serviços alternativos de frete. No modelo chamado de fulfillment, quem vende produtos no site conta com serviços de armazenamento, embalagem e entrega.

Neste caso, a maior parte das entregas é feita pela DHL. Junto com a empresa de logística, aliás, agora o Mercado Livre tem a opção de entregas no dia seguinte para as cidades da Grande São Paulo, de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro.

Disputa

O Mercado Livre tem encabeçado uma campanha contrária ao reajuste nos preços de frete. Os Correios dizem que a média de reajuste será de 8% para a maioria das postagens realizadas, mas o Mercado Livre calcula que rotas entre cidades fora dos grandes centros terão um aumento de até 51%.

Uma liminar acatada pela Justiça Federal em favor do Mercado Livre na última sexta-feira, 2, suspendeu o reajuste para os itens comprados no site.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança