Economia

Mercado de trabalho ficou menor em julho, diz IBGE

Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

Mercado de trabalho não apresentou melhoras no começo deste mês, segundo dados do IBGE (Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicou que o número de pessoas ocupadas no mercado de trabalho no País em julho está menor. Segundo pesquisa Pnad Covid19, na semana de 28 de junho a 4 de julho, cerca de 81,8 milhões de pessoas estavam empregadas, enquanto na semana anterior eram 82,5 milhões de trabalhadores e a semana inicial de maio, entre 3 e 9 de maio, eram 83,9 milhões de pessoas ocupando um posto de trabalho.

A pesquisa foi feita pelo IBGE para mensurar os efeitos da pandemia da covid-19 no mercado de trabalho e saúde dos brasileiros. Os índices registrados no começo de julho foram os menores da série história da pesquisa.

A população ocupada e não afastada do trabalho no início de julho, foi de 71 milhões de pessoas, um aumento tanto na semana anterior, que foi de 69,2 milhões, quanto no início de maio, com 63,9 milhões. Desses 71 milhões, pouco mais de 8,9 milhões de pessoas (12,4%) estavam em home office, índice muito próximo do registrado anteriormente nas semanas anteriores, que não ultrapassou os 13%.

+ Após pandemia do coronavírus, a crise, o desemprego e a angústia
+ Distanciamento social afastou do trabalho 10,1% da população ocupada
+ População desocupada somou 11,5 milhões entre 28 de junho e 4 de julho, diz IBGE

Já o nível de ocupação no começo deste mês também registrou queda, agora em 48,1% do total. Na semana anterior eram 48,5% e em maio eram 49,4%.

Entre os que estão fora da força de trabalho também houve um aumento, com 76,8 milhões na primeira semana de julho, ante 75,1 milhões na semana anterior. A comparação com maio, no entanto, é estatisticamente estável, quando naquele período cerca de 76,2 milhões de pessoas estavam sem procurar emprego.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel