Tecnologia

Menos política, mais prazer

Menos política, mais prazer

O Facebook tem feito experimentos para melhorar a navegação dos usuários na rede. Reduziu a quantidade de conteúdo político mostrado a um subconjunto de usuários em alguns países, incluindo os Estados Unidos. Os resultados sugerem que o público gostou. Agora, a empresa de Mark Zuckerberg pretende repetir a experiência em outros territórios.

Despolitizar o ambiente faz sentido quando a gigante de Menlo Park, na Califórnia, se vê enroscada frequentemente por seu suposto impacto na política, já que essa mídia é usada para distribuir informações – muitas vezes falsas, ofensivas e criminosas.

Se o Facebook avançar nesse conceito, irá além de rever as políticas de uso da plataforma. Vai trabalhar na mudança do âmago de seu algoritmo, o que parece ser mais amplo. Gerar engajamento com conteúdo qualificado é o desafio.

(Nota publicada na edição 1239 da Revista Dinheiro)