Giro

Méliuz precifica oferta de ações a R$ 57 e turbina capital

Crédito: Divulgação/B3

Mais de R$ 1 bilhão foi movimentado na oferta de ações da Méliuz (Crédito: Divulgação/B3)

Após o fechamento do mercado nesta quinta-feira (15), a Méliuz (CASH3) precificou sua oferta subsequente de ações (follow-on) a R$ 57 por papel, o que deve render um aumento de R$ 427,5 milhões no capital da companhia.

Segundo fato relevante divulgado pela B3, as ações serão divididas da seguinte forma: 7.500.000 novas ações primárias (de onde saíram os R$ 427 milhões) e 12.765.967 de ações secundárias, vendidas pelos atuais acionistas, que captaram R$ 727,7 milhões.

+ XP Inc. alcança R$817 bi em ativos sob custódia no 2º tri

Os papéis começam a circular no balcão de negociações da B3, a bolsa brasileira, na segunda-feira (19).



A Méliuz atua no segmento de cupons com descontos para os clientes, com foco em retornos financeiros como cashback. Com o recurso da oferta primária, a companhia pretende ampliar a fatia de marketplace e serviços financeiros, além de futuras aquisições de empresas estratégicas.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago