Economia

Melhores criptomoedas para investir hoje

A palavra-chave de 2022 é investimento. Após um ano difícil, com baixa na renda do brasileiro – com os preços lá no alto – conseguir uma grana extra é uma boa; não só para contribuir no dia a dia, mas para aumentar seu patrimônio.

E o novo ano começa com bastante otimismo, principalmente no mercado de criptoativos, o grande foco do investidor nos últimos anos devido à alta valorização. Mas antes de começar ou voltar a injetar recursos no mercado, é preciso saber se essa crescente das criptomoedas continuará nos próximos meses. 

Com base nas tendências, especialistas explicam que tem tudo para ser o ano das criptos. Um exemplo é o Bitcoin e Ethereum, que chegaram a atingir altas históricas: conforme a CoinMarketCap, em 2021 a capitalização cresceu de 800 bilhões de dólares para 3 trilhões de dólares.

Mas o que mais chama a atenção para este ano é que as moedas digitais menos conhecidas têm vindo numa crescente, e devem ganhar mais espaço no mercado. Isto porque apesar de terem crescido, os criptoativos mais famosos do mercado oscilaram bastante, dando espaço a outros nomes.

Com base nisso, fica o questionamento: quais as melhores criptomoedas para investir hoje? Confira os “top 5 criptos” que têm tudo para ganhar ainda mais espaço em 2022:

5 criptomoedas fortes para investir agora mesmo

  1. Polygon;
  2. Fantom;
  3. Solana;
  4. Avalanche.

Chamadas de altcoins – alternativas ao Bitcoin – estas, sim, devem liderar o topo da valorização. Ligadas principalmente a jogos, design de blockchain e metaverso, essas criptos renderam grandes lucros a quem investiu e prometem ainda mais. 

Clique aqui para investir na melhor moeda de 2022

Confira detalhes sobre cada um dos ativos citados abaixo:

  1. Lucky Block (LBLOCK)

O Lucky Block é definitivamente uma das grandes promessas do ano de 2022. Ela conta com uma plataforma que prevê uma espécie de “loteria mundial” onde os jogadores usam protocolos blockchain. Apesar de ainda não estar em atividade no mercado, o lançamento está previsto para breve, a moeda já se encontra no radar dos investidores.

Aproveitando o salto dos jogos de azar e loteria nos últimos tempos, surge este projeto que ganhou o nome Lucky Block. Como acontece: os tokens LBLOCK permitem que os investidores comprem bilhetes para sorteios de loterias diariamente. 

Ao realizar os sorteios, o ativo tornará a distribuição de ‘jackpots’ e prêmios de forma completamente transparente. A plataforma – que roda na Binance Smart Chain – escolhe os vencedores a partir de um gerador de números aleatórios. 

Do total sorteado do fundo de loteria diário, 70% vai para os vencedores. 10% voltam para os detentores de tokens, 10% para a caridade e outros 10% voltam para o próprio LuckyBlock (para marketing). 

O grupo de Telegram do Lucky Block já está com mais de 15.000 usuários, que esperam ansiosamente o lançamento oficial da moeda.

Estes detalhes chamam a atenção de quem curte investimentos diferenciados e com causa. Além disso é uma cripto bastante interessante para investir, pois quem possui concede aos seus detentores uma participação na loteria Lucky Block.

Investir em Lucky Block

  1. Polygon (MATIC) 

Também uma criptomoeda bastante promissora para 2022. Trata-se de um token Ethereum que capacita a Polygon Network, uma solução de expansibilidade para o blockchain.

O principal objetivo é proporcionar transações mais rápidas e acessíveis em Ethereum, por meio de sidechains Layer 2 – nada mais, nada menos que blockchains executados em segunda camada à principal de Ethereum. Os desenvolvedores podem usá-las para dar vida a seus aplicativos, desafogando a rede principal.

De acordo com o portal Coinbase, os utilizadores podem depositar tokens Ethereum num contrato Polygon, interagir com os mesmos e, depois, levantar os tokens para a cadeia principal de Ethereum. 

Investir em Polygon

  1. Fantom (FTM)

Por que o interesse dos investidores pela Fantom? Simples, por ser uma plataforma Smart Contract baseada na tecnologia Directed Acyclic Graph (DAG), foi criada para resolver os problemas de escalabilidade comuns nas criptos.

Mas o que chama a atenção do projeto Fantom, é que ele busca fornecer compatibilidade entre todos os organismos de transação do mundo, para criar um ecossistema que permite transações em tempo real e compartilhamento de dados com um custo muito baixo.

Além disso, foi planejado para solucionar o trilema blockchain, ao resolver problemas de escalabilidade, segurança e descentralização – coisa que não é possível, por exemplo, para o maior cripto do mundo, o Bitcoin.

Investir em Fantom

  1. Solana (SOL)

Considerada uma das maiores rivais do Ethereum no mercado financeiro, a Solana tem o poder de otimizar a negociação de finanças descentralizadas, as DeFis, e permite a criação de aplicativos descentralizados, os DApps. 

Com o impulso dos NFTs – os tokens não fungíveis -, a moeda digital ganhou alta. Muitos projetos optaram por lançar colecionáveis pela blockchain da maior ethereum killer (moedas feitas para ‘derrubar’ o Ethereum). 

E falando em Ethereum, enquanto ele tem um sério problema de escalabilidade (a grande demanda por utilização da rede faz as taxas de utilização serem altas), a Solana chega para resolver este problema, aguentando 65 mil transações por minuto. 

O criptoativo teve uma valorização de 8.065% em 2021, segundo o portal “Seu Dinheiro”. 

Investir em Solana

  1. Avalanche (AVAX)

Basicamente uma plataforma guarda-chuva para lançamento de aplicativos de finanças descentralizada (DeFi), ativos financeiros, transações e outros serviços. O grande objetivo da AVAX é se tornar uma corretora global de ativos, permitindo que qualquer um lance ou faça transações com qualquer tipo de ativo, de forma descentralizada usando smart contracts e outras tecnologias inovadoras.

Diferentemente de outras blockchains, como a Solana (SOL), a Avalanche é uma resolução de primeira camada, em inglês, layer one. Isto significa que os projetos são desenvolvidos dentro do próprio ecossistema da Avalanche – e não dentro da blockchain do Ethereum, como a SOL. 

A proposta da AVAX é ser uma blockchain com taxas mais baratas e que busca resolver o trilema das criptomoedas: escalabilidade, segurança e descentralização. 

Enquanto na maioria das blockchains é possível focar no desenvolvimento de apenas duas categorias, a AVAX chega para resolver isto. A valorização foi de cerca 2.900% no ano anterior.

Investir em Avalanche

Outras apostas do mercado em 2022

Atualmente, estima-se que existam mais de 10 mil criptoativos disponíveis no mercado financeiro mundial. Então o investidor pode ter certeza de que, além das cinco citadas acima, existem outras criptomoedas que valem a pena serem acompanhadas.

Confira outras cinco moedas para investir em 2022. 

Axie Infinity (AXS): as criptomoedas de games caíram nas graças dos jovens, principalmente. E os especialistas têm notado grande oportunidade neste setor, justamente por isso. Baseado na tecnologia NFT (Non-Fungible Tokens), o game está vinculado às criptomoedas Axie Infinity Shards (AXS) e Smooth Love Potions (SLP) e foi criado na rede Ethereum (blockchain) e permite ganhos. 

Elrond (EGLD): mais uma criptomoeda que está na lista da valorização para este ano. Elrond é um protocolo blockchain que busca oferecer velocidade extremamente rápida de transação usando “sharding” (fragmentação). Este projeto se descreve como um ecossistema para a nova internet, que inclui fintech, finanças descentralizadas e a Internet das Coisas. 

Ethereum (ETH): Depois do Bitcoin, a Ethereum é a maior e mais conhecida criptomoeda do mundo, e muitos especialistas acreditam na expansão e valorização dela em 2022. Criada para descentralizar ativos e ser mais rápida que o Bitcoin, é possível “tokenizar” ativos físicos, como uma casa, uma obra de arte. Por se tratar de uma tecnologia baseada no blockchain, a plataforma permite a troca de informações entre duas partes sem precisar de uma entidade central, eliminando pontos de vulnerabilidade nas transações. 

Algorand (ALGO): uma rede autossustentável e descentralizada, baseada em blockchain, que suporta uma ampla gama de aplicativos. Esses sistemas são seguros, escaláveis e eficientes, todas as propriedades críticas para aplicações eficazes no mundo real. Para confirmar a transação pela ALGO, não são necessários cálculos criptográficos que consumam recursos. Graças a isso, as transferências são aprovadas em menos de 5 segundos. Uma grande vantagem para os investidores.

Polkadot (DOT): flexibilidade é o sobrenome desta cripto, criada para ser uma “ponte” entre blockchains. Em outras palavras, se trata de um protocolo open-source de compartilhamento multi-chain, que facilita a transferência cross-chain de qualquer tipo de dado ou ativo, não apenas tokens, tornando assim uma ampla gama de blockchains interoperáveis entre si. Com isto procura estabelecer uma rede totalmente descentralizada e privada, controlada pelos próprios usuários, simplificando a criação de novas aplicações, instituições e serviços.

Como investir em criptomoedas

Para os interessados em investir nas criptos, este pode ser o momento certo para começar. O primeiro passo a ser dado é escolher uma corretora segura para aplicar o dinheiro, como a eToro ou a Binance, dentre outras.

O segundo passo é fazer as contas e determinar quanto você pretende investir. Mas a grande chave para cavar oportunidades no mercado é estudar muito bem cada opção antes de aplicar seu dinheiro. Leia sobre a moeda, assista a vídeos, conheça a movimentação do ativo e entenda como ele funciona a fundo.

Outra coisa importante que o investidor deve saber é que as criptomoedas são um tipo de investimento de renda variável, ou seja, não é possível saber ou prever quanto você pode ganhar, ou perder no mercado. Logo, entender do assunto e fazer a melhor análise possível da moeda é importantíssimo.

Qualquer pessoa pode investir, seja com pouco ou muito dinheiro, basta buscar informação e ajuda de quem entende. Uma dica é reservar mensalmente uma porcentagem da sua renda para esse tipo de investimento.