Economia

Meirelles vê normalidade em decisão da Fitch sobre rating do Brasil

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse ver com normalidade a decisão da agência de classificação de risco Fitch de reafirmar o rating soberano do Brasil em BB, com perspectiva negativa. Segundo ele, a agência não pode se antecipar aos fatos, e a reforma da Previdência ainda está em fase de discussão.

“Eles não tinham como elevar o rating. Eles avaliam a situação atual”, disse o ministro em entrevista coletiva em Porto Alegre, após almoço com empresários na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs).

Meirelles, porém, demonstrou otimismo com futuras análises das agências classificadoras, principalmente após a votação da reforma da Previdência. “Aprovada a reforma, aí todas as suas agências farão sua revisão com base nisso”, disse.

A equipe econômica aposta na retomada do grau de investimento pelo País, o selo de bom pagador que ajuda a trazer custos menores para a dívida do País. Mas a Fitch alerta que o ambiente político no Brasil “permanece desafiador” e que a aprovação da reforma da Previdência – considerada pelo próprio governo essencial para a sustentabilidade das contas – ficou mais difícil.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança