Ciência

Médicos sem Fronteiras abandona projeto contra Covid-19 na Venezuela por restrições de entrada

Médicos sem Fronteiras abandona projeto contra Covid-19 na Venezuela por restrições de entrada

(Junho) Membro da MSF mede pressão arterial de mulher antes do teste de Covid-19, em barraca montada do lado de fora do Hospital Pérez de León de Petare, Caracas - AFP

A ONG Médicos sem Fronteiras (MSF) denunciou nesta terça-feira “restrições de entrada” na Venezuela a seus funcionários, ao anunciar a sua retirada de um hospital localizado na maior comunidade popular de Caracas, Petare, onde tinha um projeto contra a Covid-19.

“A MSF foi obrigada a tomar a decisão de se retirar do Hospital Ana Francisca Pérez de León II, onde colaborava desde março na luta contra a pandemia”, informou a ONG em comunicado, no qual explica que pediu autorizações para a sua equipe, sem receber resposta das autoridades.

“Esta decisão foi tomada devido à impossibilidade de realizar as atividades fundamentais para o atendimento aos pacientes com Covid-19 com os padrões de qualidade determinados pela organização, devido às restrições à entrada de seus funcionários humanitários no país”, assinala o texto.

A MSF, presente na Venezuela desde 2015, havia montado nesse hospital do leste de Caracas um acampamento onde mais de 100 profissionais realizavam testes PCR e de diagnóstico rápido para detectar o coronavírus. “Levamos meses buscando todas as alternativas possíveis”, lamentou o coordenador geral da ONG na Venezuela, Isaac Alcalde.

A organização pediu que o governo facilite a entrada de funcionários humanitários, para manter seus programas em Caracas e outras regiões. “A MSF reitera seu compromisso de continuar assistindo os venezuelanos, mas nos preocupa muito que, caso esta situação não mude, tenhamos que deixar de intervir em algum outro projeto”, disse um porta-voz à AFP.

A ONG oferece apoio a 39 estruturas de saúde em toda a Venezuela, nas quais garante ter realizado cerca de 80 mil consultas médicas no primeiro semestre de 2020.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel