Mercado Digital

Médicos chineses realizam exame de maneira remota com conexão 5G

Nesta segunda-feira (6) médicos chineses realizaram em Guangzhou um ultrassom de 20 minutos em um paciente no distrito de Nansha, a 60km de distância

Médicos chineses realizam exame de maneira remota com conexão 5G

O futuro chegou, e agora você poderá ser operado no Brasil enquanto médicos chineses estão em seu país, do outro lado do mundo.

Na verdade não é bem assim, mas médicos chineses chegaram perto do feito. Nesta segunda-feira (6), médicos chineses realizaram em Guangzhou um ultrassom de 20 minutos em um paciente no distrito de Nansha, na mesma cidade. Cerca de 60 quilômetros separavam os especialistas dos pacientes, e mesmo que a distância pareça pouca, a realização do feito merece destaque.

O procedimento foi realizado graças a uma ótima conexão 5G e um braço biônico controlado pelos médicos. O controle via conexão móvel é algo plausível desde os tempos da banda larga, mas a importância do feito está no tempo de resposta do áudio e vídeo da transmissão, que tornou possível o exame através da rápida conexão com baixo tempo de latência.

Cao Jie, presidente do Guangzhou First People’s Hospital disse que o objetivo do hospital é promover a aplicação da tecnologia 5G em outras atividades médicas, incluindo consultas a distância, instruções para cirurgias e respostas de emergência.