Giro

Média móvel de mortes por covid-19 fica em 1.051 neste sábado no Brasil

A média móvel de mortes por covid-19 no Brasil ficou em 1.051 vítimas neste sábado, 20, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Há mais de um mês que esse número permanece superior a mil. A média leva em consideração os dados dos últimos sete dias e corrige distorções provocadas pela variações nos registros.

Nas últimas 24 horas, o País registrou 1.051 novos óbitos e 56.572 novos casos confirmados.

Os números são reunidos pelo consórcio de veículos de comunicação a partir dos registros das secretarias estaduais de Saúde.

O consórcio é formado pelo jornal O Estado de S. Paulo, G1, O Globo, Extra, Folha de S. Paulo e UOL.

No total, o Brasil já soma 246.006 mortes desde o início da pandemia, em meio a 10.138.265 diagnósticos confirmados.

De acordo com o Ministério da Saúde, são 9.067939 os recuperados da doença.

A pasta tem em seus registros 245.977 mortes (1.212 nas últimas 24 horas) e 10.139.148 casos (57.472 nas últimas 24 horas).

Os números do consórcio diferem dos dados do ministério em razão da metodologia de coleta.

Consórcio dos veículos de imprensa

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal.

A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel