Giro

McDonald’s Brasil usa bandejas recicladas e chama atenção no exterior

Crédito: Reprodução/FC

Usando diversos materiais recicláveis, as bandejas do McDonald's no Brasil mostram ao mundo como gerar uma economia circular (Crédito: Reprodução/FC)



A forma como as bandejas do McDonald’s são produzidas no Brasil chamaram a atenção da mídia internacional nesta semana. Feitas com resíduos de alimentos e outros tipos de lixo, as bandejas serviram como exemplo de boas práticas sustentáveis.

A Fast Company destacou o lançamento de milhares de bandejas feitas com um tipo de material chamado UBQ, um compensado de materiais reciclados e usado pela Arcos Dourados no Brasil. Esse materiais são cascas de banana, ossos de frango e restos de comida, além de papelão e papel, fraldas e plásticos mistos.

+ McDonald’s prevê investir US$ 130 mi na América Latina
+ McDonald’s China testa hambúrguer com porco e Oreo e é um sucesso
+ Russo paga R$ 15 mil por viagem de helicóptero para ir ao McDonald’s

Segundo Albert Douer, presidente-executivo da UBQ Materials, empresa israelense que cuida do processo, o vidro e metal são separados do processo de reciclagem. A forma como esses resíduos são reciclados, antes de serem encaminhados para aterros ou para incineração, fecham o ciclo da reutilização de materiais e ajudam a geração de uma economia circular.




No McDonald’s a política de redução de uso do plástico teve início em 2018, quando mais de 600 toneladas de plásticos deixaram de ser usados pela rede no Brasil. Em 2019 a redução chegou a 700 toneladas e mais de 7 mil bandejas recicladas foram lançadas no País.