Tecnologia

Marketing mais que real

More Than Real, empresa brasileira certificada pelo Facebook, navega na onda da Realidade Aumentada.

Crédito: Divulgação

O marketing feito por Realidade Aumentada (RA) tem transformado a experiência de compra dos consumidores. O uso de tecnologias imersivas para publicidade em diversos setores tem sido uma tendência e vive seu turning point. Esse mercado movimentou cerca de US$ 7 bilhões só no ano passado, segundo a empresa de tecnologia PTC. Para 2021, esse valor deve chegar a US$ 63 bilhões – uma alta de 800%. “É um caminho completamente novo para as empresas de marketing digital. As ações com Realidade Aumentada geram engajamento porque fazem com que as pessoas se sintam bem, vivendo experiências diferentes”, afirma Marcos Trinca, head e sócio da More Than Real, uma das primeiras empresas brasileiras a ter relacionamento e ser homologada como parceira do Facebook.

A Realidade Aumentada explora uma mistura que faz todo sentido na sociedade cada vez mais digital em que vivemos: une a tecnologia de celulares e computadores a ambientes físicos reais. Na prática, potencializa a experiência do cliente e torna produtos e serviços mais atraentes. A More Than Real começou como um departamento dentro de uma produtora de conteúdo e se transformou em empresa com vida própria em 2018, quando iniciou seu trabalho para fazer filtros para fotos e vídeos do Facebook. Tornou-se referência global no desenvolvimento de experiências e soluções de Realidade Aumentada. “Foi importante essa relação inicial com o Facebook, porque o time deles nos Estados Unidos viu que tinha alguém fazendo esse trabalho no Brasil. Daí, começaram a nos indicar para agências, para fazer marketing de uma nova maneira”, diz Marcos Trinca.

Um dos cases de maior projeção é o filtro da cantora Anitta para o Instagram, rede social que pertence ao Facebook – foi a primeira artista brasileira a ter esses tipos de efeitos na rede social. Lançado em 2018 para usuários da plataforma na América Latina, o recurso dentro da bandeja do Stories tinha quatro versões de maquiagem e acessórios – batom vermelho e delineador gatinho preto, óculos escuros com maquiagem e viseira verde. “Foram milhões de utilizações do filtro por dia. Um sucesso impressionante”, diz o head da empresa. Atualmente, são mais de 150 filtros desenvolvidos para a companhia de Mark Zuckerberg. No mesmo ano, a More Than Real venceu o hackathon do Facebook, a maratona mundial de programação e criação de soluções, realizada em Londres.

Filtros feitos pela empresa brasileira
para a cantora Anitta se tornaram sucesso no Stories e viraram case
global no grupo de Zuckerberg. (Crédito:Divulgação)

A missão era desenvolver uma criação para a plataforma em 24 horas e que pudesse apresentar experiência tecnológica de Realidade Aumentada para as pessoas se relacionarem de alguma maneira dentro do próprio evento. A proposta envolvia uma interação para marcar o estado de espírito das pessoas por meio de um filtro com bolinhas na hora da selfie. Com a conquista do melhor projeto, os resultados foram instantâneos. “Ganhamos a competição e a Coca-Cola pediu para viabilizar esse projeto no Rock’n Rio de 2019. Aperfeiçoamos e fizemos para o Instagram da marca, com os emojis dela”, conta Marcos Trinca. “Isso acabou gerando uma visibilidade gigante para nós.”

Hoje, a More Than Real atua em criações para a Coca-Cola na Grécia (campanha com um personagem em 3D para conscientização ao desperdício de comida), para a Volkswagen na Espanha (desenvolvimento de jogos em Realidade Aumentada), para a Nestlè no Brasil (para divulgar o trabalho de ONGs), entre outras ações. “Tudo o que envolve a consumer experience tem tido resultados expressivos de fortalecimento de marca e nas vendas. A RA resolve aflições e problemas no dia a dia das pessoas, no momento e no lugar onde elas estão. Abre uma dimensão completamente nova de serviços de soluções”, afirma Marcos Trinca. Empresas de e-commerce utilizam a ferramenta, por exemplo, para mostrar como ficaria um sofá em sua sala, se combinaria com a decoração e o tamanho seria adequado. Companhias de cosméticos oferecem filtros com maquiagens realistas pela câmera do celular. Carros são projetados virtualmente, em tamanho real, e podem ser observados na rua ou na garagem do consumidor. “Isso tudo gera consideração e converte em venda”, afirma o executivo.

Marcos Trinca“Estamos numa curva positiva de crescimento e seguros de que passaremos por essa crise do coronavírus numa boa” (Crédito:Divulgação)

CORONAVÍRUS Marcos Trinca está confiante de que a More Than Real passará bem pela crise gerada na economia pela pandemia de coronavírus. De 2018 a 2019, o faturamento da empresa cresceu 300%, o que deixa Trinca otimista para este ano. “Estamos numa curva bastante positiva de crescimento e estamos seguros de que passaremos por toda essa grave crise numa boa, sem muitos problemas. Estamos bem estruturados”, diz Trinca.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel