Tecnologia

Mark Zuckerberg cita Bolsonaro para mostrar ações do Facebook contra fake news

Crédito: Reprodução/BBC

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, em entrevista à BBC (Crédito: Reprodução/BBC)


O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, disse nesta quinta-feira (21) que a mídia social está removendo fake news envolvendo o coronavírus e citou como exemplo a exclusão de um post do presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista à BBC, ele citou um post do presidente brasileiro afirmando que cientistas haviam descoberto uma cura para o coronavírus.

+ Covid-19: checadores de fatos e Whatsapp criam robô contra fake news
+ Carlos Bolsonaro critica BB por retirar propaganda de site bolsonarista
+ Bolsonaro cria e divulga suas próprias ‘fake news’, diz relatora de CPMI

“Isso não é verdade e é por isso que a removemos. Não importa quem diga isso”, comentou Zuckerberg. Ele também disse que o Facebook vai remover da plataforma todo conteúdo que cause danos a qualquer usuário.

A postagem de Bolsonaro foi excluída do Facebook e do Instagram, também controlada por Zuckerberg.

Ele também se mostrou preocupado em relação à interferência de outros países como a Rússia e a China nas eleições norte-americanas e revelou que a sua empresa estava um pouco atrás na guerra pela informação, mas que o Facebook estará pronto nas próximas eleições contra este tipo de atuação.