Economia

Marinho: proposta é fazer com que quem ganha mais contribua com mais

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse que os servidores públicos com salários mais altos têm condições privilegiadas e podem contribuir com um esforço maior na reforma da Previdência.

“Dentro da realidade, tem pedido de dar um esforço maior nesse processo de reequilíbrio maior”, disse Marinho. “Conversamos com associações de servidores públicos, todos têm de contribuir”. Durante a tramitação da reforma da Previdência do ex-presidente Michel Temer, os servidores públicos, principalmente, foram a maior força de oposição no Congresso.

Marinho deixou claro que o governo está preparado para negociação. “Estamos aguardando o processo de negociação”, disse ele, ressaltando que o princípio da proposta é fazer com que quem ganha mais contribua com mais.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago