Giro

Marília Mendonça: na privação ou na bonança, uma mente generosa

Crédito: Reprodução/Instagram

Os laudos realizados no Instituto Médico Legal Dr. André Roquette concluíram que as vítimas morreram por politraumatismo contuso (Crédito: Reprodução/Instagram)



A cantora Marília Mendonça, que faleceu após queda de avião em Minas Gerais nesta sexta-feira (5), aos 26 anos, já vendeu coxinhas para ajudar a família antes da fama e cozinhou para auxiliar o hospital Araújo Jorge depois dela.

Em 2020, a cantora sertaneja participou das gravações da edição de Natal do programa Masterchef, no canal Band, junto com outros artistas como: César Menotti, Joel Datena e Péricles.

+Motores do avião que caiu com Marília Mendonça são resgatados

No final da disputa, Marília e o sambista Péricles venceram o desafio culinário, com suas receitas de lombo suíno, risoto de uva-passa e manjar de coco, e ganharam o prêmio de R$ 10 mil oferecido pelo programa. 

A premiação foi doada integralmente para o Hospital Araújo Jorge, onde o pai da cantora havia tratado um câncer, na cidade de Goiânia. 



Instagram will load in the frontend.

Antes da fama 

Não foi a primeira vez que a cantora recorreu ao universo culinário para ajudar alguém. Marília vendia coxinhas e bombons com sua mãe, Ruth Moreira, quando era mais nova.