Economia

Margem financeira da Caixa no 2º trimestre totalizou R$ 14,1 bilhões


A margem financeira da Caixa Econômica Federal totalizou R$ 14,1 bilhões no segundo trimestre, aumento de 12,4% ante um ano, de R$ 12,534 bilhões. No semestre, foi a R$ 26,499 bilhões, alta de 6,3%.

O indicador da margem financeira (NIM, na sigla em inglês) foi de 4,56% no segundo trimestre, alta de 0,16 ponto porcentual ante o primeiro e de 0,31 p.p. em um ano.

Crédito imobiliário

A carteira de crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal encerrou junho com saldo de R$ 452,3 bilhões, aumento de 3,6% em 12 meses. No trimestre a alta foi de 1,1%.

Do total, R$ 276,2 bilhões foram concedidos com recursos FGTS e R$ 176,1 bilhões com recursos da poupança (SBPE).

A Caixa destaca, em nota à imprensa, que manteve a liderança no mercado de crédito imobiliário no primeiro semestre, com o ganho de 0,3 ponto porcentual frente a junho de 2018, totalizando 69,0% de participação.

O banco informa ainda que nos primeiros seis meses deste ano concedeu R$ 176,7 bilhões em crédito para a população brasileira, 5,5% a mais em relação ao mesmo período de 2018.

A variação, conforme o banco, demonstra a recuperação da carteira de crédito da instituição. Somente no segundo trimestre, a Caixa concedeu R$ 93,5 bilhões, alta de 12,3% em relação ao primeiro e de 7,1% em uma ano.

Em relação ao Programa Minha Casa Minha Vida foram contratados na Caixa R$ 17,0 bilhões no primeiro semestre, o equivalente a 125,2 mil unidades habitacionais.