Negócios

Maré alta para os iates

Crédito: Divulgação

A pandemia parece não ter contaminado o mercado marítimo. Dados da Azimut Yachts apontam que os modelos de iates de luxo de grandes dimensões, acima de 25 metros de comprimento, tiveram aumento de 50% em vendas no Brasil no último ano em relação ao ano anterior.

Somente o maior e mais tecnológico iate da marca fabricado no País, a Azimut Grande 27 Metri, com uma área equivalente a 350 m², avaliado em cerca de US$ 10 milhões, teve oito unidades vendidas nos últimos 12 meses.

“A cultura de megaiates está se consolidando no Brasil”, afirmou o diretor da companhia, Francesco Caputo. “Notamos um aumento significativo na procura por modelos de grandes dimensões na pandemia.”

(Nota publicada na edição 1225 da Revista Dinheiro)