Economia

Marcos Troyjo é eleito presidente de Novo Banco de Desenvolvimento, dos Brics

O secretário especial de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, foi eleito presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), o banco dos Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

A presidência do banco nos próximos cinco anos será brasileira, conforme rodízio acertado entre os membros. Indicado pelo governo brasileiro, Troyjo foi eleito por unanimidade pelo conselho de governadores do NDB e comandará o banco a partir de julho.

O brasileiro será o segundo presidente do banco, que foi criado em 2014 e é atualmente comandado pelo indiano Kundapur Vaman Kamath.

Troyjo é economista, cientista político e diplomata. Foi cofundador e diretor do BRICLab, centro de estudos sobre Brics na Universidade Columbia (EUA), onde é professor de economia e relações internacionais.



É o representante brasileiro em conselhos de organizações econômicas multilaterais, entre elas o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Comitê de Desenvolvimento do Banco Mundial.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago