Política

Manifestantes fincam cruzes em frente ao Congresso e criticam governo Bolsonaro

Manifestantes fincaram mil cruzes em frente ao Congresso Nacional na manhã deste domingo, 28, em homenagem às vítimas da covid-19 e em protesto contra a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em combate à pandemia do novo coronavírus. O País já registra mais de 57 mil mortes pela doença.

A ação foi organizada pelo coletivo Resistência e Ação, grupo com cerca de 60 integrantes. “São pessoas que não concordam com a ausência de política de valorização da vida, com o descaso do governo”, disse Cleide Martins, uma das organizadoras do ato, ao Broadcast. “Sabemos que muitas das pessoas que estão perdendo as pessoas não podem sequer se despedir.”

Além das cruzes, foram colocadas faixas no local com dizeres contra o presidente. Em uma delas estava escrito “Fora Bolsonaro, Mourão e Centrão”. O ato faz parte do movimento intencional #StopBolsonaro.

O ato contou com a presença de algumas parlamentares. “Foi um ato muito bonito em homenagem às vítimas e ao mesmo tempo pontuado a necessidade de retirar Bolsonaro para que possamos enfrentar essa crise”, disse a deputada federal Érika Kokay (PT-DF). A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) e a presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann, também estiveram presentes.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?