Geral

Manifestantes apedrejam prédio do MEC e polícia revida lançando bombas

Um grupo de estudantes e servidores da Universidade de Brasília (UnB) apedrejou o prédio do Ministério da Educação (MEC) e a Polícia Militar revidou com o uso de bombas de gás lacrimogêneo na tarde desta terça-feira, 13. Em seguida, parte dos manifestantes correu para o canteiro central da Esplanada e se aglomerou em frente à Catedral.

Com o acirramento do protesto, que começou mais cedo na frente do MEC contra corte no Orçamento da UnB, a PM deslocou efetivos da cavalaria e do batalhão de choque para apoiar a operação no local.

A área em frete ao MEC foi completamente evacuada e agora está tomada pela patrulha da Polícia Militar. No entanto, os manifestantes agora bloqueiam as duas vias da Esplanada dos Ministérios, tanto sentido Congresso quanto sentido Rodoviária do Plano Piloto.

O MEC havia resistido em receber representantes do grupo, porém voltou atrás e concordou em dialogar com os manifestantes, mas ainda não tem um horário definido para essa conversa. O protesto também está sendo usado para repudiar o governo Temer.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel