Ciência

Mandetta afirma que governo queria alterar bula da cloroquina

Crédito: AFP/Arquivos

O presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta: diferença de posicionamento entre os dois repercute até hoje (Crédito: AFP/Arquivos)

Em entrevista na noite desta quarta-feira (20), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou que o governo federal pretendia alterar a bula da cloroquina e incluir no texto a recomendação para o tratamento do coronavírus.

À Globonews, Mandetta disse que a alteração aconteceria através de um decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro. Em sua visão, o protocolo de adoção do medicamento no SUS – liberado ontem – está “distante do razoável”.

+ Novo protocolo para cloroquina gera divergência entre entidades
+ Secretária da Saúde diz que havia ‘clamor’ por orientação sobre cloroquina
+ Recomendação da Saúde sobre uso da cloroquina tende a ser usada contra médicos

Ele contou que o presidente era cercado por médicos favoráveis ao uso da cloroquina e que um dia, após reunião de conselho ministerial, teve de conversar com um médico anestesista e uma imunologista que estavam com “a redação de um provável ou futuro, ou alguma coisa do gênero, um decreto presidencial”.

“E a ideia que eles tinham era de alterar a bula do medicamento na Anvisa, colocando na bula indicação para Covid-19”, disse o ex-ministro. Nesse encontro, afirmou Mandetta, estavam presentes ministros, integrantes da Advocacia-Geral da União e o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres.

O ex-ministro comentou que o presidente da Anvisa se assustou com a iniciativa do governo, que ele próprio não concordava com a proposta e que “o palco daquela discussão tem que ser no Conselho Federal de Medicina”. “Não adianta fazer um debate de uma pessoa que seja especialista na área que for, com um presidente da República que não é médico”, disparou.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?