Estilo

Maison Dior abre sua jornada de futuro

Crédito: Divulgação

Para quem é da moda, a parisiense Avenue Montaigne 30 é um espaço insuperável. Depois de dois anos enclausurada, por causa da pandemia, a Maison Dior reabre no seu histórico endereço com a proposta de ser uma encruzilhada sensorial que une passado e futuro, físico e digital

. Os 10 mil m² do edifício agora abrigam mais que a história da grife criada em 1946 — e que teve à frente Christian Dior e apenas outros seis sucessores criativos: Yves Saint Laurent, Marc Bohan, Gianfranco Ferré, John Galliano, Raf Simons e a atual, Maria Grazia Chiuri. O espaço tem restaurante, confeitaria, jardins, salões de beleza, joalheria e os ambientes prêt-à-porter e de alta costura.

(Nota publicada na edição 1271 da Revista Dinheiro)