Mundo

Mais velho do mundo, venezuelano completará 113 anos na sexta-feira

Crédito: Reprodução/Divulgação

O venezuelano desfruta de uma xícara de aguardente todos os dias, tem 41 netos, 18 bisnetos e 12 tataranetos, disse o Guinness em um comunicado à imprensa. (Crédito: Reprodução/Divulgação)



SAN JOSÉ DE BOLÍVAR, Venezuela (Reuters) – O venezuelano Juan Vicente Mora, declarado a pessoa mais velha do mundo pelo Guinness World Records na semana passada, completará 113 anos na sexta-feira.

Mora, que desfruta de boa saúde e de uma xícara de forte licor aguardente todos os dias, tem 41 netos, 18 bisnetos e 12 tataranetos, disse o Guinness em um comunicado à imprensa.

+ Rumeysa Gelgi, a mulher mais alta do mundo, quebra três novos recordes

Além da pressão arterial ligeiramente elevada e dos problemas auditivos devido à idade, Mora está muito bem de saúde e não toma medicação, disse Henrique Bujan, médico de uma clínica em San José de Bolívar, no Estado venezuelano de Táchira.



“Ele parece totalmente bem”, afirmou Bujan.

Mora se tornou a pessoa mais velha do mundo depois que Saturnino de la Fuente Garcia, nascido em 11 de fevereiro de 1909 na Espanha, morreu em janeiro com 112 anos e 341 dias.

(Reportagem de Carlos Eduardo Ramirez em San José de Bolívar)