Giro

Mais de 100 mil pessoas assistem a funeral de líder islamista em Bangladesh

Mais de 100 mil pessoas assistem a funeral de líder islamista em Bangladesh

Milhares de bengalis assistem, em 19 de setembro de 2020, em Chittagong, ao funeral do polêmico líder islamista Allama Shah Ahmad Shafi, fundador do grupo Hefazat e Islam - AFP

Mais de 100 mil pessoas compareceram ao funeral do polêmico líder islâmico Allama Shah Ahmad Shafi, fundador do grupo Hefazat e Islã, neste sábado (19), em Chittagong (sudeste) – informou a polícia.

“Cerca de 150 mil pessoas se reuniram na madrassa (escola corânica)”, disse o chefe da polícia regional, Anwar Hosain.

De acordo com este grupo islâmico fundado em 2010, a multidão era, porém, muito maior.

Allama Shah Ahmad Shafi, que teria passado dos 100 anos, morreu na capital Daca, após um motim envolvendo milhares de estudantes da madrassa liderada por ele ao longo de 30 anos. A revolta levou à sua renúncia.

Em maio de 2013, Allama Shah Ahmad Shafi mobilizou milhares de manifestantes, exigindo que blogueiros ateus fossem executados e que fossem aprovadas leis para punir a blasfêmia.

A primeira-ministra de Bangladesh, Sheikh Hasina Wajed, elogiou o papel de Allama Shah Ahmad Shafi na recente expansão das escolas corânicas do país.

A população de Bangladesh, de cerca de 160 milhões, é 90% muçulmana.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?