Giro

Maioria do STF rejeita habeas corpus de Zé Trovão e mantém prisão preventiva

Crédito: Reprodução / Youtube

Zé Trovão (Crédito: Reprodução / Youtube)

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) formaram maioria para rejeitar o pedido do caminhoneiro Marco Antônio Pereira Gomes, o Zé Trovão, de reverter a prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes.



O julgamento ocorre no plenário virtual do STF e já conta com os votos de oito ministros, que seguiram o relator, ministro Edson Fachin, que tinha negado o pedido, informou o portal Extra. Votaram Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Dias Toffoli e Rosa Weber.

Zé Trovão é investigado em um inquérito que apura atos antidemocráticos. O caminhoneiro publicou vídeos incentivando atos violentos contra o STF e os magistrados no feriado da Independência deste ano.

Alexandre suspende julgamento no STF sobre desoneração da folha de pagamento

A prisão preventiva do caminhoneiro foi decretada no início de setembro, mas o caminhoneiro fugiu do país. Zé Trovão pediu asilo no México alegando sofrer perseguição política.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?