Finanças

Maioria das Bolsas da Ásia fecha em alta após dados chineses

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta segunda-feira, 10, após dados chineses reforçarem esperanças de que a segunda maior economia do mundo está se recuperando da crise do coronavírus.

Nos negócios da China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,75%, a 3.379,25 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,21%, a 2.277,42 pontos.

Presidente de Taiwan recebe secretário de Saúde dos EUA e irrita a China

Guerra tecnológica entre EUA e China avança com TikTok

Dados oficiais mostraram que a taxa anual de deflação ao produtor da China desacelerou de 3% em junho para 2,4% em julho, ficando abaixo da previsão de analistas, de 2,6%. O indicador sinaliza que o gigante asiático se mantém na trajetória de recuperação, após sofrer o violento choque da pandemia de covid-19. Já a inflação anual ao consumidor chinês ganhou força no mesmo período, de 2,5% para 2,7%, como se previa.

Em outras partes da Ásia, o sul-coreano Kospi encerrou o pregão desta segunda em Seul em alta de 1,48%, a 2.386,38 pontos, atingindo o maior nível em 26 meses, enquanto o Taiex subiu 0,51% em Taiwan, a 12.894,00 pontos. A bolsa japonesa, por sua vez, não operou devido a um feriado nacional.

O mercado de Hong Kong foi exceção, com queda de 0,63% do Hang Seng, a 24.377,43 pontos. Na semana passada, os EUA anunciaram sanções a várias autoridades de Hong Kong, incluindo a chefe do executivo, Carrie Lam, por seu papel na repressão a dissidentes políticos.

Tensões entre Washington e Pequim também continuam no radar, após o presidente americano, Donald Trump, emitir decretos executivos na última quinta-feira, 6, que pretendem banir os aplicativos chineses TikTok e WeChat nos EUA a partir de meados de setembro.

Por outro lado, Trump também assinou decretos no fim de semana estendendo estímulos econômicos nos EUA, após republicanos e democratas fracassarem em negociações para o lançamento de um novo pacote fiscal em resposta aos efeitos da pandemia.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul nesta segunda, impulsionada principalmente por ações de grandes bancos domésticos. O S&P/ASX 200 avançou 1,76% em Sydney, a 6.110,20 pontos.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?