Negócios

Maior loja de instrumentos musicais dos EUA pode declarar falência

Crédito: Reprodução/Guitar Center

A Guitar Center é a maior loja de instrumentos musicais dos EUA, mesmo assim passa por dificuldades financeiras e pode fechar as portas após 61 anos. (Crédito: Reprodução/Guitar Center)

A Guitar Center é a maior loja de instrumentos musicais dos EUA e uma das maiores do mundo, mesmo assim passa por dificuldades financeiras e pode fechar as portas após 61 anos de atividades.



+ Depois da falência, Flybe, maior companhia aérea regional da Europa, está de volta
+ Desembargador suspende decisão que decretou falência da Livraria Cultura

De acordo com informações do New York Times, a empresa perdeu um pagamento de US$45 milhões em juros acumulados neste mês de outubro e já se prepara para declarar falência por não ter como lidar com essa taxa.

No começo deste ano a rede, que tem cerca de 300 lojas nos EUA, sanou suas dívidas acumuladas e conseguiu uma liquidez maior para lidar com a pandemia. A ideia, agora, é conseguir crédito e sair da falência em 2021, mas os planos completos não foram revelados.

As informações do New York Times dão conta de uma dívida na casa de US$ 1,3 bilhão. No ano fiscal mais recente, a empresa gerou cerca de US$ 2,3 bilhões em vendas e parecia caminhar bem antes da covid-19.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?