Economia

Maior administradora de shoppings do Reino Unido declara insolvência

Crédito: Reprodução/Vimeo Intu

O Trafford Centre é um dos shoppings controlados pela Intu no Reino Unido (Crédito: Reprodução/Vimeo Intu)

A Intu, empresa que ocupa o destaque de maior proprietária de shoppings no Reino Unido, anunciou nesta sexta-feira (26) que está entrando em processo de insolvência. A companhia possui mais de 4,5 bilhões de libras (US$ 5,6 bilhões) em dívidas e não conseguiu chegar a um acordo com seus credores.

Segundo a CNN, as ações da administradora caíram mais de 54% após os anúncios desta sexta-feira. São mais de 17 shoppings no Reino Unido e dois na Espanha, reunindo 800 marcas e mais de 400 milhões de clientes trafegando por esses espaços anualmente.

+ Japão dá seis semanas ao Reino Unido para fechar acordo comercial
+ Inglaterra reabre restaurantes, hotéis, salões, cinemas e museus em julho

Os centros comerciais seguirão abertos durante o processo e os lojistas terão que entrar em acordos de transição com a KPMG, empresa responsável por administrar a situação.

O problema agora é que a maior parte desses lojistas estão quebrados, devido aos efeitos da severa quarentena que o Reino Unido passou contra a covid-19. A Intu disse que recebeu apenas 29% do aluguel dos inquilinos nos últimos meses, uma defasagem de 77% do registrado no mesmo período do ano passado.

Veja também

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?