Giro

Maia defende legislação mais objetiva sobre licenciamento ambiental

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta segunda-feira, 22, uma mudança na legislação sobre o licenciamento ambiental para diminuir a burocracia dos processos e atrair investimento. “Acho que a lei precisa ser mais objetiva, precisa deixar de forma mais clara o que se pode ou não em relação ao licenciamento”, afirmou em entrevista ao canal Agro+.

Tramita na Casa atualmente um projeto da nova Lei Geral do Licenciamento Ambiental, relatado pelo deputado Kim Kataguiri (DEM-SP). Defendida pela bancada rural, a proposta, contudo, é alvo de críticas por parlamentares ambientalistas.

“Não precisamos de uma lei que flexibilize (o licenciamento), precisamos de uma lei que diga qual o caminho”, argumentou Maia. “Temos leis onde a insegurança e a falta de objetividade da lei acaba gerando um grande poder na burocracia. Isso acaba criando uma falta grande de investimentos e uma dificuldade nas decisões”, pontuou.

Em relação à regularização fundiária, Maia sugeriu a retomada do debate na Câmara após uma regulamentação por parte do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sobre as propriedades com até quatro módulos fiscais – unidade fixada para cada município, que varia de 5 a 110 hectares. “Que se organize então os quatro módulos e depois volte o debate a Câmara para que a gente possa organizar o que pode ser feito para além dos quatro módulos, que é um debate importante e uma demanda do setor.”

Diálogo

O deputado voltou a defender a harmonia e diálogo entre os poderes públicos para superação da crise sanitária da covid-19 e recuperação futura do crescimento. Ele destacou ser necessário um protagonismo do Executivo com uma estrutura de reformas para o momento pós-pandemia.

Em defesa do setor, Maia disse ainda que uma recuperação forte da economia passa pelo agronegócio. “Sem dúvida nenhuma o agronegócio vai ser decisivo, como já tem sido nesse momento mais difícil.”

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?