Economia

Maia: caminho pode ser votar 1º turno da tributária e PL que unifica PIS e Cofins

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira, 9, que um possível caminho para o avanço da reforma tributária seja votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 45/2019 e o projeto de lei, enviado pelo governo, que unifica PIS e Cofins.

Maia reafirmou a disposição de construir um acordo para votar as duas proposições, o que, na visão dele, criaria um ambiente de negócios mais propenso ao crescimento econômico.

Segundo Maia, as reformas da Previdência e administrativa promovem redução de despesas, mas não trazem crescimento. “O País precisa da tributária e de microrreformas para crescer acima da média medíocre dos últimos 20 anos”, apontou.

O presidente da Câmara comentou, ainda, um cálculo de acordo com o qual, da soma de todos os subsídios tributários e as transferências, inclusive pelo Bolsa Família, 75% da verba ficaria com os ricos e apenas 25%, com os pobres. “Por isso, este é um País que concentra renda. O pobre não é invisível, só está abandonado pelo Estado brasileiro há muitos anos”, acrescentou.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel