Edição nº 1074 15.06 Ver ediçõs anteriores

MacBook “baratinho”

MacBook “baratinho”

A Apple pode lançar um MacBook de “baixo custo” até o fim do primeiro semestre de 2018. Isso, pelo menos, é o que sugere um relatório da consultoria tailandesa de investimentos KGI Securities. O documento afirma que a fabricante americana estaria desenvolvendo um aparelho que seria vendido por menos de US$ 1.000, tornando-se o computador mais barato da empresa. A ideia é de que o preço mais em conta faça com que as vendas de notebooks da companhia cresçam até 15% em 2018. No Brasil, o MacBook mais barato sai por R$ 7.500 na loja da Apple. A empresa não comentou o assunto.

(Nota publicada na Edição 1060 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Bilionários sustentáveis

Duas startups americanas com projetos de desenvolvimento sustentável estão na mira dos principais bilionários do mundo da tecnologia. O [...]

Frase da semana

“Não acredito que todas as cidades nos odeiam. Já pagamos US$ 500 milhões em impostos. Em breve, seremos o maior pagador de impostos de [...]

A era das fintechs

(Nota publicada na Edição 1074 da Revista Dinheiro)

Novela milionária

A batalha judicial entre Apple e Samsung ganhou um novo capítulo na semana passada. A fabricante coreana não aceitou pagar uma multa de US$ 539 milhões por ter infringido patentes registradas pela empresa da maçã que diziam respeito a detalhes do design do iPhone. De acordo com o site americano Law360, a Samsung recorreu da […]

Resposta instantânea

Guilherme Martins, CEO da PlayKids, empresa de streaming de conteúdo infantil
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.