Negócios

M. Dias Branco registra lucro líquido de R$ 137 milhões no 1º trimestre (+140,8%)

Crédito: Reprodução/M.Dias Branco

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) atingiu R$ 228,5 milhões, avanço de 103,8% (Crédito: Reprodução/M.Dias Branco)

A fabricante de alimentos M. Dias Branco apresentou lucro líquido de R$ 137 milhões no primeiro trimestre deste ano. O resultado representa alta de 140,8% na comparação com igual período de 2019, quando a empresa reportou lucro líquido de R$ 56,9 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) atingiu R$ 228,5 milhões, avanço de 103,8% frente os R$ 112,1 milhões do primeiro trimestre do ano passado. A margem Ebitda ficou em 14%, ante 8,5% de um ano antes, incremento de 5,5 pontos porcentuais. Os resultado foram divulgados na noite de sexta-feira, dia 8, após o fechamento do mercado.

+ Sucessão com sucesso
+ Para diminuir custos, empresas levam produção para dentro de casa 

A receita líquida subiu 24,3% na mesma base comparativa, alcançando R$ 1,637 bilhão ante R$ 1,317 bilhão do primeiro trimestre de 2019. Do montante total, R$ 25,1 milhões vieram da receita com vendas externas – alta de 103,2% na comparação anual. O volume de vendas cresceu 22,4% no período. “De modo a atender ao aumento da demanda por nossos itens, readequamos o nosso planejamento de produção e estimulamos o desenvolvimento de novos canais de distribuição, como o varejo online”, destacou a M. Dias, em comunicado divulgado para imprensa e investidores.

O resultado da M. Dias veio dentro do esperado pelo mercado, após a sinalização da empresa no último trimestre de 2019 de retomada de crescimento do lucro e da receita. A companhia também vem demonstrando que está migrando sua operação e foco para produtos de maior valor agregado, o que contribui para melhora das suas margens de rentabilidade.

A M. Dias, assim como outras empresas do setor, teve o desempenho trimestral impulsionado pelo aumento na demanda doméstica por seus produtos, uma vez que consumidores se ajustam a medidas de distanciamento social que resultaram no fechamento de restaurantes e exigiram mais refeições em casa.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?