Lugar de empresa é no parque

Lugar de empresa é no parque

O Instituto Semeia, ONG criada pelo co-fundador da Natura, Pedro Passos, quer aproveitar a onda pró-privatizações do futuro governo para acelerar os processos de concessão de parques públicos (como o Ibirapuera, em São Paulo). A ideia é promover o debate entre a população e, ao mesmo tempo, convencer empresários de que investir em áreas públicas de lazer e entretenimento é um bom negócio. O pontapé inicial é uma plataforma online em que qualquer pessoa pode consultar a situação dos locais e conferir se já são administrados por Parcerias Público Privadas (PPPs).

Os governos mudam e os parques continuam sucateados. Por que?
Os parques brasileiros, em geral, são mal administrados. É um imenso potencial não aproveitado. Atualmente, os parques no Brasil recebem 10 milhões de visitantes por ano. Nos Estados Unidos, são 330 milhões.

Mas isso é resultado de parques degradados e inseguros…
Existem esses fatores, mas o principal é a questão cultural. A gente está disposto a descer a serra e ficar seis horas no transito, mas não tem interesse em visitar o Parque Nacional de Itatiaia, que fica no caminho. Os parques precisa entrar na rota do turismo.

A situação dos parques é comparável a dos museus?
A realidade dos museus é muito parecida com o dos parques e das bibliotecas. A maioria é muito mal gerida.

O presidente eleito Jair Bolsonaro não demonstra muito interesse em defender questões ambientais. Essa postura pode atrapalhar?
Do ponto de vista ambiental, estou preocupado. Do ponto de vista das concessões de parques, estou otimista.

(Nota publicada na Edição 1096 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Cláudio Gradilone)


Mais posts

Livres de execução por 90 dias

Paciência. Pelos próximos três meses, credores terão dificuldades em executar dívidas de empresas inadimplentes. Pelo menos tem sido esse o entendimento de grande parte do Judiciário. Na última semana, a juíza Elisangela Smolareck, do Tribunal Regional do Trabalho da 10a Região, aceitou o pedido de suspensão da execução de uma dívida de uma empresa de […]

Via da segurança

A Via Varejo, dona das redes Casas Bahia e Pontofrio, está ampliando seus investimentos em segurança de dados, no embalo do crescimento do e-commerce em todo o Brasil. A companhia começou a operar com o protocolo de segurança 3DS 2.0, em parceria com a Adyen e com a Visa. O sistema cruza mais de 100 […]

Vai ficar tudo bem

Inspirada na campanha Andrà Tutto Bene, lançada no auge da pandemia na Itália, a empresária Tatianna Oliva, dona da agência de [...]

Na alegria, na tristeza e nas dívidas

Um levantamento inédito do Grupo H, fintech brasileira especialista em crédito para funcionários de empresas privadas, identificou que 66% dos trabalhadores endividados do Brasil são casados. O levantamento analisou o perfil de 2.394 clientes. Na sequência deste ranking de endividamento estão os solteiros, com 31,5%. Os profissionais divorciados, viúvos e com união estável aparecem no […]

IBM mira na qualificação

Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, a IBM fechou parceria com a Escola de Negócios e Seguros (ENS) para oferecer programas [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.