Agronegócio

Lucro da SLC Agrícola mais do que dobra no 4º trimestre, para R$ 194,2 milhões

São Paulo, 18 – A SLC Agrícola, empresa produtora de soja, milho e algodão, obteve lucro líquido de R$ 194,2 milhões no quarto trimestre de 2020, informou na noite de quarta-feira, 17, a companhia. O resultado é mais que o dobro do registrado em igual período do ano anterior, de R$ 88,7 milhões. No acumulado de 2020, o lucro líquido cresceu 62,2%, para R$ 510,9 milhões. O avanço no ano foi motivado principalmente pelo maior resultado bruto das culturas de soja e milho, disse a SLC.

A receita líquida no quarto trimestre atingiu R$ 1,13 bilhão, alta de 37,4% ante os R$ 819,11 milhões verificados um ano antes. Segundo a companhia, o aumento da receita refletiu em grande parte melhores preços de faturamento em todas as culturas e maior volume faturado nas culturas de algodão e milho. Em 2020, a receita líquida aumentou 22,1%, para R$ 3,1 bilhões. Esta foi a primeira vez que a receita superou os R$ 3 bilhões. O desempenho foi motivado principalmente por maiores preços de faturamento nas culturas de soja e milho por um maior volume de algodão faturado na comparação com 2019.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no quarto trimestre alcançou R$ 397,9 milhões, 43,4% superior ao do quarto trimestre de 2019. Em 12 meses, o Ebitda ajustado soma R$ 960,2 milhões, 20,7% a mais do que um ano antes.

A SLC observou que, levando em consideração apenas os resultados da operação agrícola, o lucro líquido no quarto trimestre e em todo o ano de 2020 aumentou 191,9% e 74,4%, respectivamente. Já o Ebitda ajustado cresceu 101,8% e 34,2%, respectivamente. Esses aumentos maiores se devem ao fato de que no quarto trimestre de 2019 houve um evento de venda de terras, explicou a companhia.

A SLC disse que a safra 2020/21 começou um pouco atrasada, com chuvas abaixo da média, principalmente no oeste de Mato Grosso. “Contudo, nossa área plantada nesse ciclo atual é de 468,2 mil hectares, um novo recorde, e com crescimento de 4,4% sobre 2019/20”, afirmou a companhia em comunicado.

O atraso no início das chuvas na região Centro-Oeste resultou em atrasos no plantio da soja e, consequentemente, na redução da janela de plantio do algodão e milho segunda safra. A SLC disse que, apesar do atraso nas chuvas, a expectativa para a soja é de entrega da produtividade orçada.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago