Edição nº 1130 19.07 Ver ediçõs anteriores

O “match” brasileiro da L’Oréal

O “match” brasileiro da L’Oréal

O genovês Andrea Iorio, ex-executivo do aplicativo de relacionamento Tinder, encontrou na francesa L’Oréal, maior fabricante de cosméticos do mundo, o grande desafio de sua vida profissional: promover a transformação digital da divisão de produtos profissionais da companhia no Brasil. A área, que detém as marcas Redken, L’Oréal Professionnel e Kérastase, está colocando em prática uma ampla estratégia de aproximação com salões de beleza, clínicas de estética e profissionais independentes da indústria da beleza. A meta do grupo, segundo Iorio, é ampliar globalmente a participação do e-commerce dos atuais 11% das vendas para 20%, até 2021.

Em 2018, as vendas on-line dispararam 40,6%, com faturamento de € 3 bilhões. “O potencial de expansão do mercado brasileiro no digital é imenso e, por isso, o país é fundamental para consolidar esse crescimento nas vendas on-line”, diz Iorio. Os dois pilares da estratégia são o Access e o Style My Hair. O primeiro, lançado há duas semanas e com mais de 3 mil inscritos, é uma plataforma de e-learning e networking para cabeleireiros. Como em uma rede social, os profissionais compartilham conhecimento e trocam experiências. O segundo é um aplicativo que já opera em 81 países e com mais 3,7 milhões de downloads. O Style My Face, a partir de uma selfie, simula como ficará o rosto e cabelo após a utilização do produto. O sistema foi criado pela canadense Modiface, especializada em realidade aumentada (RA), adquirida pela L’Oréal no ano passado.

(Nota publicada na Edição 1120 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Bem-estar contra o turnover

Healthtech pioneira no País, a Vidalink tem crescido acima de 45% ao ano desde 2015 com uma proposta inédita na saúde corporativa: [...]

Startup milionária

A brasileira Pipefy, principal plataforma de gestão baseada na metodologia Lean, recebeu aporte de US$ 45 milhões (R$ 170 milhões) em [...]

Quarto vazio? Desconto na diária

Ocupação plena é um desafio para qualquer hotel. Ainda mais depois da concorrência com o Airbnb. “Em torno de 45% das acomodações ficam [...]

Fusões não esperam pelas reformas

Apesar de o País ter ficado em compasso de espera na expectativa da aprovação das reformas da Previdência e tributária, o escritório de advocacia Demarest registrou um semestre movimentado na área de fusões e aquisições. Com 16 operações, a banca subiu da nona para a terceira posição no ranking de transações da América Latina, compilado […]

Investigação em alta

A receita da divisão de global forensics da BDO subiu 35% no primeiro semestre. A empresa é uma das Big 5 de auditoria do mundo e ajuda organizações a reduzir riscos da fraudes. Para isso, investiga e rastreia aparelhos e vestígios digitais para que corporações. Frente à demanda do serviço, o contingente de profissionais da […]

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.