Giro

Lojas permitem que os consumidores testem cadeiras de escritório sofisticadas

Crédito: Reprodução/Herman Miller

Acostumada a grandes showrooms voltado para clientes empresariais, agora abrirá suas primeiras lojas projetadas para consumidores domésticos (Crédito: Reprodução/Herman Miller)

A Herman Miller está mudando seu conceito de vendas. Acostumada a grandes showrooms voltado para clientes empresariais, agora abrirá suas primeiras lojas projetadas para consumidores domésticos, em Los Angeles e em Nova York. E já planeja abrir mais duas no próximo mês no Texas e em Tóquio, no Japão.

+ Fiscalização do Procon-SP registra infração em 70% de lojas visitadas
+ Carrefour: renda de lojas nesta sexta será revertida a projetos antirracismo

As novas lojas incentivam os clientes a fazer um “test drive”, o que facilita convencê-los a comprar uma cadeira que custe mais de US$ 500. A principal característica das lojas é uma “barra de assento de desempenho”, onde os clientes são incentivados a experimentar uma variedade de modelos.

A empresa planejou abrir essas lojas antes da pandemia que obrigou as pessoas a trabalharem em casa. Essa nova realidade acelerou os planos da marca, que também vai investir na entrega no dia seguinte para os clientes da loja que fizerem pedidos até as 14h30.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel