Ciência

Lojas especializadas aumentam vendas na seção de comestíveis com maconha nos EUA

Crédito: Reprodução/Eaze

Balas de goma com maconha viraram uma opção para os consumidores nos Estados Unidos (Crédito: Reprodução/Eaze)

Com o coronavírus deixando boa parte da população dos Estados Unidos em casa, ou lidando com conflitos de ansiedade por conta da pandemia, as lojas que vendem produtos derivados da maconha, sobretudo as versões comestíveis, registraram alta no volume de vendas.

Segundo o The New York Times, mais de uma dúzia de estados norte-americanos legalizaram o consumo e a venda da maconha e consideraram a cannabis medicinal como um item essencial, mesma categoria de farmácias e supermercados.

+ Cannabis: 6 tendências globais para o uso medicinal e industrial
+ Mais tempo em família, brincadeiras e maconha: estudo revela outra face da pandemia nos EUA
+ Venda de cannabis cresce no Canadá mas empresas enfrentam crise

A Eaze, uma varejista online especializada na planta, disse que as vendas aumentaram mais de 50% desde o início da pandemia, em março. Dado o medo de adquirir algum tipo de problema respiratório pela covid-19, as pessoas estão se aventurando na cannabis comestível, que pode ser encontrada em balas de goma com o produto, por exemplo.

A Apothecarium, um dispensário que vende itens da cannabis na Califórnia e em Nevada, registrou uma grande procura por essas balas de goma. Um gerente da loja disse que já no início da pandemia um único cliente chegou a pedir pacotes que totalizavam 80 gomas do tipo.

As vendas deste tipo de comestível aumentaram 16% na loja, enquanto os vaporizadores registraram queda de 19%. Na Green Dragon, outra loja com a mesma proposta, os comestíveis representaram uma fatia de 20% das vendas nos últimos meses.

O preço desses produtos pode variar de acordo com o Estado e com o limite de THC permitido nos decretos locais, mas um pacote de 10 gomas com miligramas por saco de THC podem ser encontrados por US$ 20.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?