Compras

Black Friday: lojas de vestuário têm desconto de até 70% e primeiro pagamento para 60 dias

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

As lojas de vestuário já abriram a temporada de descontos da Black Friday deste ano e é possível renovar o guarda-roupa de toda a família gastando menos (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Bateu aquela vontade de renovar o guarda-roupas? As lojas de vestuário já abriram a temporada de descontos da Black Friday deste ano e é possível comprar aquele modelo novo para o Natal e Ano Novo com descontos e até conseguir frete grátis.

A C&A está com a promoção Liquida, promete descontos de até 70% e frete grátis para todo o Brasil. Tem opções para o público feminino, masculino e para as crianças.

+ Com isolamento social, Black Friday muda e se torna mais digital
+ Veja como economizar na Black Friday e ainda receber dinheiro de volta

Tem conjunto de moleton infantil a partir de R$ 59,90, bermuda de moleton masculina por R$ 49,90 e t-shirt feminina manga curta a partir de R$ 19,90.

Na Renner, além dos descontos que podem chegar a 70% nas peças de vestuário, a perfumaria está com itens custando até 50% menos. Na rede, o primeiro pagamento é só para daqui 60 dias no cartão da loja.

O Miss Dior Hair Mist 30ml está saindo por R$ 179,90 e o 212 Vip Blck masculino com 250ml custa R$ 149,90.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Já na Marisa tem tênis casual plataforma feminino por R$ 99,95 e camisetas masculinas a partir de R$ 29,90.

A reportagem levou em consideração as promoções publicadas pelas empresas nesta terça-feira (03).

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel