Negócios

Loggi se torna o mais novo unicórnio brasileiro após rodada de investimento de US$ 150 milhões

Com o dinheiro injetado a Loggi pretende investir em tecnologia e melhorar suas áreas de inteligência artificial e inteligência de dados

Loggi se torna o mais novo unicórnio brasileiro após rodada de investimento de US$ 150 milhões

A Loggi é uma startup brasileira cujo objetivo é realizar a ponte entre motoboys e clientes que precisam de entregas expressas dento de cidades. O projeto que começou em 2013 se tornou um sucesso e seis anos após o início de suas atividades, a empresa atinigiu a marca de unicórnio – nome dado a startups que atingem o valuation de US$ 1 bilhão.

A marca foi alcançada após rodada de investimentos de levantou US$ 150 milhões de empresas como SoftBank, Microsoft, GGV, Fith Wall e Velt Partners, que colocou a Loggi como o oitavo unicórnio brasileiro se juntando a lista que já tem 99, Movile, Nubank, Gympass, Stone e Arco Educação.

Atualmente a empresa atua em 36 municípios do Brasil que juntos concentram 35% da população do País. Com o novo dinheiro injetado a Loggi pretende investir em tecnologia, com o foco na contratação e capacitação de engenheiros nos padrões de qualidade das grandes empresas de tecnologia do planeta. O intuito é melhorar as áreas de inteligência artificial e inteligência de dados.

Com sede um prédio da Alameda Santos, na cidade de São Paulo, a startup hoje conta com 20 mil motofretistas cadastrados, e mantém parceria com grandes empresas como McDonalds, Dafiti e Mercado Livre. Outra vantagem para a empresa é que no disputado mercado de entregas, que tem iFood e Rappi como principais expoentes, a Loggi se coloca como parceira operacional das duas, compartilhando de sua rede de colaboradores para melhorar o serviço de ambas.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel