Giro

Localidades que retomaram o confinamento após aumento nas infecções por coronavírus

Localidades que retomaram o confinamento após aumento nas infecções por coronavírus

Policial controla a rodovia Corbins, perto de Lérida, em 4 de julho de 2020. A região nordeste da Catalunha, na Espanha, bloqueou uma área com cerca de 200.000 residentes na cidade de Lérida, após um aumento nos casos de o coronavírus recente. - AFP

Diante de um aumento nas infecções por coronavírus, autoridades de vários países decidiram retomar medidas restritivas neste sábado.

– Europa –

– ESPANHA: a Catalunha confinou cerca de 200.000 habitantes, em Lérida (nordeste). Entradas e saídas estão restritas e reuniões de mais de dez pessoas, proibidas.

– PORTUGAL: na região de Lisboa, um novo confinamento foi imposto a partir de 1º de julho a 700.000 habitantes em vinte bairros, por pelo menos duas semanas.

– ALEMANHA: em 23 de junho, foram anunciados dois confinamentos locais de uma semana, afetando mais de 600.000 em Gütersloh e Warendorf. A ordem já havia sido determinada em 18 de maio em Coesfeld.

– GRÃ-BRETANHA: em 29 de junho, o governo tornou mais rígido o confinamento em Leicester e fechou lojas não essenciais, em um momento de relaxamento no país.

– ITÁLIA: em Mondragone, perto de Nápoles, cerca de 700 pessoas foram ordenadas em 22 de junho a não deixar seu local de residência.

– UCRÂNIA: Retomou medidas estritas em 19 de junho.

– Ásia –

– CHINA: Wuhan, berço da epidemia, desconfinada no início de abril, restabeleceu a restrição em 70 bairros da cidade.

– ÍNDIA: o estado de Tamil Nadu (sul) ordenou o confinamento de 19 de junho ao final do mês em Chennai para cerca de 15 milhões de pessoas.

-AZERBAIJÃO: Restabelecimento de 22 de junho a 1 de agosto.

– Américas –

– ESTADOS UNIDOS: vários estados recuaram as flexibilizações ou pausaram o desconfinamento e fecharam praias e bares na Califórnia e Flórida. Texas também teve bares fechados.

– ARGENTINA: medidas de confinamento endurecidas em Buenos Aires e arredores de 1 a 17 de julho. Em 19 de maio, Córdoba, também suspendeu o descofinamento.

– PANAMÁ: retorno ao confinamento a partir de 8 de junho na capital e província vizinha.

– GUIANA: em 10 de junho, a circulação da população foi restringida em 16 municípios (dos 22 existentes) e o toque de recolher foi ampliado. Em 25 de junho, bares e restaurantes foram fechados.

– Oriente Médio –

– LÍBANO: novo confinamento de quatro dias a partir de 13 de maio.

– CISJORDÂNIA: fechamento por cinco dias a partir de 3 de julho. Fechamento temporário em Nablus (norte), Hebron e Belém (sul).

– Oceania –

– AUSTRÁLIA: Milhares terão que ficar em suas casas por pelo menos cinco dias a partir de sábado em Melbourne.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?