Giro

Líder do governo afirma que intenção é votar PEC dos Auxílios antes do recesso

Crédito: REUTERS/Adriano Machado

Deputado Ricardo Barros, líder do governo na Câmara, quer votar PEC antes do recesso que inicia dia 17 de julho (Crédito: REUTERS/Adriano Machado)



Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), afirmou nesta sexta-feira que trabalha para que a PEC dos Auxílios, aprovada na véspera pelo Senado, seja votada pelos deputados ainda antes do recesso, que oficialmente tem início em 17 de julho.

Segundo o líder, a ideia é anexar a PEC dos Auxílios a uma outra Proposta de Emenda à Constituição (PEC) já analisada pelos senadores, que traz medidas para conferir competitividade ao setor de biocombustíveis. Isso ainda está em debate com os líderes de bancada, que devem se reunir com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), na segunda-feira.

PEC dos benefícios: entenda quem poderá receber o dinheiro do governo




Ricardo Barros anuncia reunião na segunda-feira com Lira sobre PEC dos benefícios

Partido Novo deve recorrer ao STF para questionar PEC dos benefícios sociais

Senado aprova PEC com pacote de auxílios a carentes e a caminhoneiros


“A PEC dos benefícios deve ser votada junto com a PEC 15, que já está em andamento na Câmara dos Deputados. Esta é uma articulação em andamento com os senhores líderes. Vamos ter uma reunião segunda-feira junto com o presidente Arthur Lira, e queremos somar os dois textos já votados no Senado e votá-los sem alteração na Câmara, mandando à promulgação”, afirmou o líder em vídeo publicado em seu perfil do Twitter.

“Este é o caminho para entregar o mais breve possível os benefícios que a população espera nesse momento de crise. Vamos trabalhar duro para votar antes do recesso. Este é o objetivo”, afirmou o deputado.

Apelidada por críticos de “PEC Kamikaze”, o texto aprovado na véspera pelo Senado amplia benefícios já existentes, caso do Auxílio Brasil e do Aúxílio Gás, o que não entraria em choque com a legislação eleitoral, mas também cria novas ajudas aos mais atingidos pela alta dos combustíveis.

Para isso, reconhece um estado de emergência para criar um benefício voltado a motoristas autônomos, mirando os caminhoneiros, e outro destinado a taxistas, além de oferecer crédito suplementar a programa de alimentação. O impacto do pacote de auxílios supera o patamar dos 40 bilhões de reais.

Ao ser anexado à PEC dos Biocombustíveis, o texto encaminhado pelo Senado já iniciará sua tramitação na Câmara na comissão especial, sem a necessidade de passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

Quando chegar ao plenário, por se tratar de uma PEC, precisará receber o equivalente a três quintos dos votos dos deputados –308 votos no mínimo– em dois turnos de votação.

Caso não ocorra nenhuma alteração e as duas Casa concordem com o teor do texto, ele segue à promulgação.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI601WO-BASEIMAGE






Tópicos

Alimenta Brasil alta combustíveis aprovação Arthur Lira Arthur Lira (PP-AL) até quando vai o auxílio brasil? audiência auxilio brasil auxílio brasil 2022 Auxílio Brasil 30 bilhões auxílio Brasil 400 para 600 Auxílio Brasil anúncio Auxílio Brasil baixas na equipe econômica Auxílio Brasil Bolsa Família Auxílio Brasil bolsonaro Auxílio Brasil Bolsonaro anuncia nesta quarta auxilio brasil cadastro auxílio Brasil Cadúnico auxílio Brasil caixa paga NIS final 8 Auxílio Brasil calendário 2022 Auxílio Brasil começa hoje 10 de dezembro auxilio brasil como consultar auxílio Brasil como consultar CPF auxílio brasil como se inscrever? auxilio brasil consulta Auxílio Brasil CPF Auxílio Brasil e Aúxílio Gás auxílio Brasil extra-teto auxílio Brasil famílias Auxílio Brasil fevereiro auxílio Brasil fonte Auxílio Brasil Funchal Auxílio Brasil guedes auxílio Brasil impostos auxílio Brasil inflação Auxílio Brasil João Roma benefício complementar Auxílio Brasil João Roma Ministro da cidadania Auxílio Brasil manobra teto de gastos Auxílio Brasil março 2022 auxílio brasil ministério da cidadania auxílio Brasil NIS final 0 Auxílio Brasil novo Bolsa Família 2022 auxílio Brasil novo valor Auxílio Brasil o que muda Auxílio Brasil parte fora do teto Auxílio Brasil por que o governo recuou auxílio brasil quando começa Auxílio Brasil quando será anunciado Auxílio Brasil quem não está de acordo auxílio brasil quem pode receber auxílio Brasil quem pode se inscrever auxílio brasil reajuste menor auxílio brasil regras auxílio Brasil renda auxílio Brasil site Auxílio Brasil valor auxílio Brasil votos câmara auxílio eleições 2022 auxílio prorrogação auxílio temporário 2022 auxílio-taxista Bezerra bolsa família auxílio 2022 Bolsonaro Câmara combustíveis Congresso diesel estado de emergência estado de emergência para benefícios a taxistas estado de emergência para vouchers caminhoneiros ICMS ICMS combustíveis ICMS gasolina ICMS preço combustíveis ICMS sobre combustíveis impacto pacote de auxílios impacto pacote de auxílios acima de RS 40 bilhões impacto pacote de auxílios acima RS 40 bilhões Lei complementar 194/2022 Lei complementar 194/2022 limite cobrança ICMS Lei complementar 194/2022 limitou cobrança ICMS Lei complementar 194/2022 limitou cobrança ICMS combustíveis Lei complementar 194/2022 limitou ICMS de combustíveis Lei complementar 194/2022 preço combustíveis Líder do governo na Câmara líder do governo na Câmara Ricardo Barros limitação à cobrança do ICMS sobre combustíveis limitação cobrança ICMS redução preço combustíveis limite ICMS redução preço combustíveis medidas adotadas pelo governo gasolina medidas adotadas pelo governo gasolina passaria de R$ 7 ara R$ 5 medidas governo e legislativo pela redução preço combustíveis medidas ICMS redução preço combustíveis meta é votar PEC Auxílios antes do recesso ministro de Minas e Energia ministro de Minas e Energia Adolfo Sachsida o que falta para aprovar auxílio de 400 óleo diesel B S-10 também teria redução oposição quer aumento auxílio 600 Pacheco Auxílio Brasil pacote do desespero PEC PEC Auxílios PEC dos Auxílios PEC dos benefícios PEC dos Biocombustíveis pec dos combustiveis PEC Kamikaze para críticos PEC precisará de 308 votos Câmara PEC precisará de 308 votos na Câmara PEC precisará receber o equivalente a três quintos dos votos dos deputados PEC que amplia benefícios sociais Petrobras Petrobras privada ou estatal Sachsida política por que a gasolina esta cara por que o diesel está caro? por que os combustíveis estão subindo posto extra preço gasolina hoje preço preço combustíveis preço combustíveis queda preço combustíveis queda medidas governo e legislativo preço combustível ANP preço combustível Brasil preço da gasolina passaria a ficar cerca de R$ 5 média nacional preço dos combustíveis Preço gasolina Brasil histórico preço gasolina extra guarulhos preço gasolina guarulhos 2022 preço gasolina guarulhos hoje Preço gasolina México preço gasolina São Paulo preço gasolina sp hoje Presidente da Câmara presidente da Câmara Arthur Lira proposta aumento Auxílio Brasil e Aúxílio Gás proposta de distribuição de renda 2022 proposta é aumentar Auxílio Brasil e Aúxílio Gás Qual o preço da gasolina? quando começa Auxílio Brasil Quanto custa o litro da gasolina em Guarulhos? Quanto foi o litro da gasolina? quarto presidente da Petrobras indicado pelo governo Bolsonaro queda nos preços dos combustíveis quem paga o Auxílio Brasil? quem recebe Auxílio Brasil hoje redução combustíveis dados do governo redução de mais de 2% gás de cozinha redução de mais de 2% GLP redução dos preços combustíveis redução preço combustíveis medidas governo redução preço gasolina ICMS renda brasil 2022 Ricardo Barros Ricardo Barros (PP-PR) Sachsida momento da sociedade decidir se quer Petrobras privada ou estatal Senado SUPRESSÃO teto ICMS impacto preço combustíveis texto aprovado pelo Senado amplia Auxílio Brasil e Aúxílio Gás texto aprovado pelo Senado amplia benefícios texto aprovado pelo Senado amplia benefícios já existentes texto encaminhado pelo Senado já iniciará sua tramitação na Câmara tributos federais para o botijão estão zerados de forma permanente troca de comando da Petrobras desafio valor 180 400 votação votação PEC Auxílios Câmara antes do recesso votar PEC antes do recesso votar PEC dos Auxílios antes do recesso votar PEC dos Auxílios antes do recesso na Câmara