Economia

LATAM demitirá 1.400 funcionários em Chile, Colômbia, Equador e Peru

LATAM demitirá 1.400 funcionários em Chile, Colômbia, Equador e Peru

Aeronaves da LATAM na pista do aeroporto internacional de Santiago, 20 de abril de 2020, durante a pandemia do novo coronavírus - AFP/Arquivos

A companhia aérea chileno-brasileira LATAM Airlines anunciou nesta sexta-feira (15) que demitirá 1.400 funcionários de suas filiais em Chile, Colômbia, Equador e Peru, como resultado da drástica redução de suas operações devido à pandemia do novo coronavírus.

LATAM manterá redução de 95% em operações em maio e prevê forte impacto

“Apesar de todos os esforços que temos feito para cuidar dos empregos, nos vemos obrigados a tomar esta difícil decisão. Os impactos da COVID-19 são profundos e é inevitável reduzir o tamanho do grupo LATAM para proteger sua sustentabilidade no médio prazo”, disse o diretor-executivo da companhia, Roberto Alvo, em comunicado divulgado pela empresa, que em abril tinha anunciado uma diminuição de 95% de suas operações.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel