Negócios

Lançamento digital é tendência no setor imobiliário, diz CEO do aplicativo Facilita

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Pandemia gerou oportunidades, agora no mundo digital, para o setor imobiliário seguir vendendo novos imóveis (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

Para dar continuidade aos lançamentos de imóveis em tempos de distanciamento social em decorrência do coronavírus, as construtoras estão levando suas estratégias para os canais digitais.

De olho neste cenário, a Facilita, aplicativo com processo de vendas 100% digital para o mercado imobiliário, reforçou sua atuação diante dos impactos da pandemia no setor e possibilita a reformulação dos estandes por meio de lançamentos digitais.

+ Preço dos imóveis residenciais teve alta pelo segundo mês consecutivo,
+ Site vende 400 imóveis da Caixa com até 70% de desconto

“Nosso aplicativo permite criar e gerenciar pastas virtuais que contém os dados dos clientes com a intenção de compra, adicionando assertividade às estratégias de marketing e agilidade na rotina dos corretores, que precisam atuar à distância”, explica Glauco Farnezi, CEO da Facilita, por nota.

Entre as construtoras que já testaram este novo modelo está a Opus, que é focada em empreendimentos de alto padrão e transformou seu processo de vendas num formato digital para o lançamento do imóvel nomeado Opus Gyro. O App Facilita auxiliou o acesso dos corretores às informações, construiu pastas digitais e realizou as reservas. A ação resultou na venda de 90% das unidades disponíveis em sete dias, recorde para a empresa imobiliária.

“Foi um lançamento extremamente organizado e assertivo. Pelo volume de unidades, era necessária uma ferramenta que nos possibilitasse desde a criação das pastas digitais à consulta de disponibilidade de unidades. Se não tivéssemos este apoio, simplesmente seria impossível realizar os processos à distância usando papéis e planilhas”, disse William Barbosa, gerente comercial da Opus.

De acordo com Farnezi, o resultado da Opus reforça que este novo modelo será tendência, pois mesmo com a retomada gradual das atividades, houve uma mudança no comportamento do consumidor e, somado ao conforto das transações no on-line, possivelmente os lançamentos permanecerão num modelo 100% digital ou, ao menos, híbridos.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel