Estilo

Lamborghini al mare

Por US$ 1,4 milhão, lancha em fibra de carbono inspirada no automóvel italiano oferece o desempenho de um supercarro para quem gosta de navegar

Crédito: Divulgação

O barco e o carro do qual ele aproveita o motor e parte das linhas (Crédito: Divulgação)

Todos os anos, os brasileiros precisam esperar setembro chegar para o Boat Show, maior evento da América Latina do mercado náutico, e conferir os lançamentos mais luxuosos em embarcações. No exterior, no entanto, essa indústria não tem contratempos. Em especial na Itália, país líder na fabricação de barcos de luxo. Por lá, o mar sempre está favorável para a novidade e a extravagância. Foi pensando nisso que o estúdio de design de barcos Officina Armare, de Milão, resolveu colocar um Lamborghini para navegar.

Apelidada de A43, a embarcação de 13,25 metros foi inspirada no design e na potência dos automóveis de luxo da marca, em especial do Centenario Roadster. Esse veículo de 2016 é um dos Lamborghinis mais potentes já lançados e capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos e atingir velocidade superior a 350 km/h. A edição especial de apenas 20 unidades foi feita para comemorar o aniversário de Ferruccio Lamborghini, fundador da marca, que em abril de 2016 completaria 100 anos.

A lancha inspirada no carro foi confeccionada em fibra de carbono — o que garante mais leveza e velocidade — e equipada com motor V12, o mesmo usado nos Lamborghini de 2016, o que garante uma velocidade máxima de 80 nós (148 km/h) e 50 nós (92 km/h) em velocidade de cruzeiro. Segundo comunicado da Officina Armare, “a ideia por trás do conceito do A43 é combinar uma lancha tradicional com as características elegantes e fortes e o alto desempenho que você esperaria de um supercarro”.

Inspiração: à direita, estudos da Officina Armare para definição do modelo, já em testes na água, à esquerda. Em 2017 e 2018, os estaleiros italianos produziram metade dos iates vendidos em todo o mundo (Crédito:Divulgação)

O barco possui uma cabine com banheiro e chuveiro, microondas, geladeira e máquina de café, sofá para quatro pessoas, mesa de jantar, e, por último, mas não menos importante, ar condicionado. Todos os recursos necessários para passar uma ou duas noites caso o passeio se alongue. O interior é elegante como os veículos da Lamborghini com detalhes em madeira e couro. Na popa ainda há uma área de lounge com compartimento para champanhes e com espaço suficiente pata acomodar equipamentos esportivos, como pranchas de surf. “O A43 é mais do que uma lancha, é um estilo de vida.”

As cores disponíveis do casco do A43 são preto e amarelo ou azul. A Officina Armare não revelou o valor da embarcação ao mercado, mas estima-se que o preço gire em torno de US$ 1,4 milhão.

ITÁLIA DE VENTO EM POPA A indústria náutica movimenta mais de US$ 83,5 bilhões em todo o mundo, contabilizando cerca de 4,9 mil estaleiros, 200 fabricantes de motores, e gerando empregos para cerca de 700 mil pessoas. Segundo pesquisa da Deloitte, o “Made in Italy” voltou ao topo no setor de embarcações de lazer. Mais da metade de todos os iates construídos em 2017 e 2018 saíram da Itália. O país assume o primeiro lugar entre os construtores europeus e o segundo lugar entre os produtores mundiais, atrás dos Estados Unidos.